Atlético-GO

Vila Nova

Vila Nova empresta volante que se destacou na Copinha a rival goiano

Jogador já treinava com a equipe principal do Tigre

Por: Danyela Freitas 08/02/2022 13:25

Primeiramente, cria da base do Vila Nova, depois de se destacar na Taça de Prata da Salvador Cup em 2019, Gustavo Santos foi emprestado ao Atlético-MG. Inclusive, na semifinal do torneio, o time goiano derrotou o Galo por 1 x 0. Pela equipe sub-17 do time mineiro, o volante participou de 10 jogos.

Em resumo, além de ter sido titular do Vila Nova na Copinha 2022, Gustavo já treinava com o time principal. Inclusive, em julho, na Série B do Brasileirão, estreou pelo profissional. Posteriormente, no final de 2021, defendeu o clube colorado na Copa Verde. Agora, o Tigre emprestou o volante ao Atlético-GO até janeiro de 2023 com possibilidade de compra futura. 

Gustavo completou 19 anos recentemente. O Tigre, em suma, tem contrato com jogador até 2024. A saber, segundo Roberto Faustim, empresário do volante, a proposta de empréstimo surgiu a partir do interesse da comissão técnica do Atlético de ter o atleta para o Campeonato Brasileiro Sub-20 desta temporada. 

https://batershopp.com.br/
Emprestado pelo Vila Nova ao Atlético-GO, Gustavo já treina no Dragão (Foto: Reprodução/Instagram Gabriella Negreiros)

Emprestado pelo Vila Nova ao Atlético-GO, Gustavo já treina no Dragão (Foto: Reprodução/Instagram Gabriella Negreiros)

Pablo mira sequência de jogos pelo Vila Nova e garante: “volto mais experiente e cheio de vontade”

Em resumo, de volta ao Vila Nova nesta temporada, Pablo Roberto vem se destacando. Assim, em quatro jogos, fez dois gols. No entanto, o atleta de 22 anos não poderá enfrentar o Iporá na próxima rodada do Campeonato Goiano, já que recebeu o terceiro cartão amarelo. A partir disso, na tarde desta segunda-feira (7), o meia, em entrevista coletiva, analisou seu início de temporada e falou sobre a base. Confira com as Feras do Esporte!

“Obviamente, voltei mais maduro ao Vila Nova e mais experiente. Fui campeão da Série C e, em seguida, fui emprestado ao Bahia, joguei com atletas de alto nível. Além disso, enfrentei grades jogadores também. Estou muito feliz pela minha volta. Espero que seja somente o começo e que façamos um grande Campeonato Goiano. Quanto aos três cartões amarelos em quatro partidas, comentei com meus companheiros que isso nunca havia acontecido comigo. Portanto, vou tentar melhorar para isso não ocorrer mais, porque eu odeio ficar sem jogar. Ademais, quero conseguir uma sequência aqui no Vila Nova.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast