Vila Nova

Fora do Z4, Vila Nova precisa aproveitar o bom momento para evitar o rebaixamento, aponta pesquisa

Com bom aproveitamento no segundo turno da Série B, o time comandado pelo técnico Alan Aal pretende manter o ritmo nas oito rodadas restantes do Campeonato Brasileiro.

Por: Pedro Marinho 21/09/2022 16:46

Vila Nova comemora vitória contra o Guarani por 2 a 1 pelo Campeonato Brasileiro

Elenco do Vila na vitória contra o Guarani na 29ª rodada da série B (Divulgação/Beto Corrêa/ Vila Nova)

 

Após vencer o Brusque fora de casa no último sábado (17) e com o melhor aproveitamento entre os principais cotados para o rebaixamento, o Tigre terminou a rodada em 16ª posição, fora da zona de rebaixamento. No entanto, para afastar mais ainda o risco de queda para série C, o Colorado precisa manter o foco na reta final da Segundona. Confira com as Feras do Esporte.

 

O time vinha de uma sequência de nove jogos de invencibilidade, quando perdeu para o Grêmio, na rodada 28. Na sequência, o único representante goiano da série B venceu dois confrontos contra adversários diretos na disputa pela permanência. A primeira vitória foi contra o Guarani, no OBA, por 2 a 1. Logo após veio a vitória contra o Brusque, por 1 a 0. O jogo aconteceu no Estádio Antônio Bauer, em Santa Catarina.

 

Vale lembrar que o Tigre fez uma campanha insatisfatória na primeira metade do campeonato, quando chegou à lanterna com quase dois meses sem vitórias. O aproveitamento das últimas dez rodadas da equipe é de 56,67%, estatística que se aproxima do desempenho dos times integrantes do topo da tabela em todo campeonato, como Bahia e Grêmio. Ou seja, não fosse o mau turno do Colorado, o time poderia estar na briga pelo G4, pensando em uma possível participação na Série A da próxima temporada.

 

Pesquisa aponta chance de rebaixamento do Vila Nova

 

Segundo pesquisa do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Vila Nova tem 27,9% de chance de rebaixamento. Em princípio, os dados foram levantados para os oito últimos colocados da tabela de pontos corridos. No ranking, o time goiano está em terceiro colocado como mais provável para permanência, no entanto, ainda precisa de vitórias em casa para concretizar os dados.

Nos primeiros lugares, estão a Chapecoense, com apenas 13,4% de probabilidade de compor o Z4 no final do campeonato. Em sequência está o Novorizontino, com 14,1%. Por outro lado, os times do final da lista apresentam uma situação mais crítica. O lanterna Náutico tem 90% de chance de cair, enquanto o Operário tem 73,8%. Confira a lista completa a seguir:

 

Probabilidades (hoje) de Rebaixamento para a Série C, segundo Departamento de Matemática da UFMG

– Chapecoense: 13,4%
– Novorizontino: 14,1%
– Vila Nova: 27,9%
– Guarani: 54,7%
– CSA: 55,9%
– Brusque: 67,5%
– Operário: 73,8%
– Náutico: 90%”

 

 

 

 

 

2 Comentários

  1. Gustavo Mendes disse:

    Sempre com o olho aberto aos detalhes matéria muito boa. Parabéns ao redator

  2. Vanda Carvalho disse:

    Reportagem muito boa com riqueza de detalhes.
    Ao redator meus parabéns.

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast