Futebol pelo Brasil

Goiás

Márcio Zanardi, novo técnico do Goiás, fala sobre relação com Lucas Andrino e explica sua metodologia de condução da equipe

Tempo de conhecimento entre eles destaca a confiança no trabalho

Por: Júlia Laiany 03/04/2024 00:00

Oficialmente apresentado pelo Goiás, na tarde desta terça-feira (2), o jovem Márcio Zanardi, de 45 anos, chega com um pensamento firme. A saber, o novo técnico do Esmeraldino já estabeleceu suas principais características de treinamento e condução do elenco.

Em entrevista coletiva à imprensa, Zanardi destacou sua amizade de longa data com o também recém-chegado executivo de futebol Lucas Andrino. Ademais, o treinador falou muito em uma mudança, que deve ser o principal foco do Verdão na luta pelo acesso à Série A.

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Esmeraldino <<<

https://batershopp.com.br/

Zanardi possui um jeito aguerrido

Se você conhecer um pouco da minha história e do meu currículo, pode ter certeza que uma das coisas que são inegociáveis são essa vontade de jogar e de representar essa camisa. Fui contratado por tudo que fiz na minha carreira, por mais que eu seja jovem, tenho 45 anos.

Com certeza vamos buscar voos altos e colocar o Goiás, principalmente, no cenário de Série A, de onde ele nunca deveria ter saído. Então, meus trabalhos são times de muita intensidade e autonomia de jogo, além de muita pressão. Por isso, vamos mudar esse cenário [atual do Esmeraldino] e com certeza voltar a sorrir aqui dentro.

Fazer diferente para retomar o sucesso

Hoje, o futebol é feito de estudo. Quando começou a sondar meu nome para vir para cá, com certeza eu e meu staff já estamos trabalhando dentro do elenco. Temos total ideia do que vamos encontrar aqui. Confio muito no campo e no meu trabalho. Portanto, fica difícil falar o que foi feito e o que aconteceu. O Lucas me conhece bem, sabe a forma como eu trabalho e gosto de jogar.

Além disso, ele é muito capacitado para poder buscar jogadores para que possam entrar dentro do modelo que eu quero. Dessa maneira, estou muito tranquilo quanto a isso. Se o Goiás perdeu em uma quarta de final e se não está sendo protagonista, alguma coisa está errada. Precisamos mudar, colocar as coisas nos eixos e trabalhar para fazer com que esse clube volte a vencer e a sonhar com o tão sonhado acesso.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast