Goiás

Diego projeta ‘volta por cima’ do Goiás no Brasileirão e aposta em vitória diante do Athletico-PR para ‘dar moral’: “temos condições de vencer”

Time esmeraldino mira garantir os três pontos em casa

Por: Danyela Freitas 09/07/2022 08:38

Buscando se recuperar no Brasileirão, já que o time goiano abre a zona de rebaixamento, o Verdão recebe o Athletico-PR, neste sábado (9), no Estádio Hailé Pinheiro. A partir disso, o polivalente Diego comentou sobre a importância de uma vitória do Goiás diante do Furacão, atual vice-líder do campeonato, para o Esmeraldino ‘dar a volta por cima’.

Além disso, o atleta de 26 anos falou a respeito da possibilidade de atuar na função de Elvis, meia que deixou o clube goiano na última terça-feira (5). Por fim, Diego garantiu se sentir muito à vontade jogando como lateral. Confira tudo com as Feras do Esporte!

Diego mira confronto com Athletico-PR e aposta em vitória do Goiás

Temos o conhecimento da boa campanha que o Athletico-PR vem realizando em todas as competições que vem disputando. Sendo assim, é uma equipe muito forte e qualificada. Portanto, o que o Goiás precisa fazer é mostrar ser um time bem equilibrado, que quer vencer e ter atitude para poder vencer. Precisamos colocar em prática aquilo que nós temos pegado do nosso treinador. Além disso, temos que ser um grupo unido e bastante valente para poder dar a volta por cima na competição e voltar a vencer. Ganhar de um adversário que é o vice-líder do Brasileirão é muito importante para a gente, porque nos dá moral para o restante da competição. Por fim, sabemos que não será um jogo fácil, mas tenho total certeza de que temos condições de vencer.”

Polivalente, o jogador comenta sobre a possibilidade de jogar como meia após saída de Elvis) 

Eu me sinto muito bem na lateral. Peguei uma sequência muito boa e me sinto à vontade ali, muito à vontade. Quanto a jogar de meia ou de volante, eu deixo para o treinador. O professor sabe montar a equipe e também sabe as características dos jogadores que ele tem no elenco. Eu prefiro simplesmente jogar e fazer a função onde o treinador me coloca para jogar. Portanto, tenho me sentido muito à vontade na lateral, mas estou à disposição do treinador para realizar o trabalho onde quer que ele me coloque.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast