Atlético-GO

Goiás

Vila Nova

Contrato de bilhões! Clubes da Liga Forte Futebol assinam acordo que pode chegar a R$ 5 bilhões; saiba detalhes da proposta

Liga visa buscar equilíbrio na distribuição de receitas para as três divisões do futebol brasileiro

Por: Lara Fabian 07/02/2023 17:59

Nesta segunda-feira (6), os clubes integrantes da Liga Forte Futebol (LFF) assinaram um acordo bilionário com as gestoras Life Capital Partners e Serengeti Asset Management. A proposta vai ser analisada e submetida à aprovação dos conselhos de cada clube para que as empresas se tornem sócias da liga, que comandaria a organização do Campeonato Brasileiro e da Série B.

A saber, o valor negociado é de R$4,85 bilhões para uma liga com 40 clubes. Por outro lado, caso a adesão seja menor, o valor é de R$2,3 bilhões para os 26 clubes da LFF. Além disso, a Liga visa buscar equilíbrio na distribuição de receitas para as três divisões do futebol brasileiro. Assim, como destacou o presidente do Athlético-PR à ESPN, “Com a Liga distribuindo receitas para as três maiores divisões do futebol brasileiro, asseguramos um modelo saudável desde a base até o topo da pirâmide.”, garantiu Celso Petraglia.

Clubes participantes da Liga Forte Futebol

26 clubes são integrantes da Liga: ABC; Athletico-PR; Atlético-MG; América-MG; Atlético-GO; Avaí; Brusque; Chapecoense; Coritiba; Ceará; Criciúma; CRB; CSA; Cuiabá; Figueirense; Fluminense; Fortaleza; Goiás; Internacional; Juventude; Londrina; Náutico; Operário; Sport; Vila Nova; Tombense.

Por fim, é intuito do conjunto fortalecer o futebol brasileiro, formando uma Liga que possa unir os clubes e contribuir para a competitividade dos campeonatos. A expectativa de aprovação dos conselhos deliberativos é de conclusão até o fim de abril. A saber, os três principais times goianos, Atlético-GO, Goiás e Vila Nova; integram a LFF. Na reunião, Harlei Menezes representou o Esmeraldino; Adson Batista, o Dragão; e Hugo Jorge Bravo, o Tigre.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast