Atlético-GO

Após cinco derrotas seguidas, técnico Eduardo Baptista é desligado do comando do Atlético-GO em comum acordo

Atlético-GO segue no comando de Eduardo Souza, mas contratações não foram descartadas antes da próxima temporada

Por: Bruna Alves 29/09/2022 16:18

Nesta quarta-feira (28), o Atlético-GO foi derrotado mais uma vez, pelo Corinthians, na Arena NeoQuímica. A partir da própria decisão pela recisão de contrato, o técnico Eduardo Baptista se despediu do comando do Atlético Goianiense em comum acordo. O treinador iniciou os trabalhos no Dragão no dia 29 de agosto, após demissão de Jorginho. Confira detalhes com as Feras do Esporte!

EURODIESEL NOTICIA

Retrospecto no Atlético-GO

Foram apenas seis jogos no comando do Atlético Goianiense, onde a única vitória foi contra o São Paulo, em jogo de ida pelas semifinais da Sul-Americana. Logo após, o time foi derrotado pelo Atlético Mineiro, São Paulo (no jogo de volta da Copa Sul-Americana), Coritiba, Internacional e recentemente, Corinthians.

Em resumo, no comando do Atlético-GO foram cinco derrotas, uma vitória, cinco gols marcados e onze gols sofridos. Após o jogo de ontem, em entrevista coletiva, o ex-técnico teceu elogios a equipe que apresentou melhoras em campo recentemente, jogando com coragem e vontade.

“É jogo a jogo, não adianta ficar fazendo discurso, muito menos jogar a toalha. Não é o meu papel fazer isso e se o clube jogar toalha eu saio antes, sou o primeiro a sair. Não vou ficar aqui deixando o tempo passar, não é meu perfil” completou Eduardo.

Anteriormente, Eduardo Baptista esteve à frente de clubes como o Remo, Fluminense, Mirassol e recentemente o Juventude, onde deixou o clube após derrota para o próprio Atlético-GO, pelo placar de 2 a 1.

Enquanto isso, Eduardo Souza assume o comando da equipe, enquanto Adson Batista observa prováveis nomes para a próxima temporada. Dessa maneira, as possibilidades de contratação não estão descartadas.

Confira a nota do Atlético-GO:

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast