Atlético-GO

Adson Batista esclarece saída de Marcelo Cabo e descarta treinador estrangeiro: “virou moda”

Confira entrevista coletiva!

Por: Danyela Freitas 07/02/2022 19:26

Antes de mais nada, na manhã desta segunda-feira (7), em suas redes sociais, o técnico Marcelo Cabo comunicou sua saída do Atlético-GO. Com isso, no período da tarde, Adson Batista, presidente do Dragão, conversou com a imprensa e explicou situação. Por fim, garantiu que nenhum treinador que passou pelo clube está na mira para voltar.

A saber, pelo Campeonato Goiano, o Dragão vem de duas derrotas consecutivas. Dessa forma, foi derrotado pelo Goiatuba e, posteriormente, pelo Vila Nova, no primeiro clássico da temporada. Em seguida, o Atlético recebe a Aparecidense pela 5ª rodada da competição.

“Não aconteceu nada de mais profundo. [A saída] foi interesse de ambas as partes. Há algumas situações no futebol que não precisam ser expostas, principalmente por conta da história que o Marcelo Cabo tem no clube. Portanto, desejo todo sucesso a ele, que é uma pessoa da qual nós gostamos. Além disso, ele sai pela porta da frente assim como chegou aqui para disputar o Brasileirão, quando a forma dele trabalhar encaixou muito bem. No entanto, começo de temporada tem algumas particularidades. Não houve desgaste com ninguém. Por fim, em algumas situações em certos momentos, é importante a mudança e respirar novos ares.”

Técnico estrangeiro no Dragão? Adson Batista responde

“Primeiramente, vamos avaliar com muita calma a chegada de um treinador para que, tentando buscar uma solução, a gente não crie nenhum problema. Em resumo, nunca vou sair da realidade do Atlético. Essa questão de treinador estrangeiro virou moda. Eles querem trazer cinco, seis pessoas da comissão para ficarem vegetando no clube. Não há necessidade de trazer muitas pessoas. Logo, vejo com dificuldade, porque não vou embarcar nisso. Nós vemos no Brasil uma dificuldade muito grande também de encontrar treinadores com conteúdo, conceitos, variações. Iremos avaliar.”

Eduardo Souza assume o time

“O time não vem jogando no nível que sabemos que pode. A partir disso, precisamos de alguns ajustes em todos os sentidos. Acredito muito que o Eduardo Souza terá condição de agregar algumas coisas importantes para o trabalho, porque ele conhece boa parte do grupo. Futebol é feito de momentos e, em alguns desses momentos, você precisa pensar de maneira diferente. Isso é normal. […] O Eduardo Souza é da comissão permanente, não vai ser treinador do Atlético, não tem interesse nisso. É um cara sério, tem a nossa total confiança. Sendo assim, ficará até encontramos outro treinador”, garantiu Adson Batista

https://batershopp.com.br/

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast