Aparecidense

Campeonato Goiano

Futebol pelo Brasil

Goiás

Zé Ricardo comenta cobrança da torcida do Goiás e reconhece que vitória contra Aparecidense “não veio por falta de eficiência no ataque”

Técnico pediu paciência para a sequência dos trabalhos no Esmeraldino

Por: Júlia Laiany 30/01/2024 17:53

Mesmo retornando para Goiânia com um ponto somado contra a Aparecidense, no último sábado (27), o Goiás foi cobrado pelos torcedores que estiveram presentes no Annibal Batista de Toledo. Para o técnico Zé Ricardo, as reações são válidas, mas pediu paciência durante o processo de formação e adaptação do grupo na pré-temporada.

Assim, em entrevista coletiva concedida após o jogo, o treinador comentou o desempenho do time até o momento e fez um balanço de seu primeiro mês no Verdão. Além disso, Zé Ricardo reforçou o progresso e melhoria da equipe nos primeiros jogos do estadual.

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Esmeraldino <<<

Dificuldades e cobrança

O jogo aqui é sempre muito difícil. É a primeira vez que venho nesse campo, mas eu já sabia pelos colegas. Tanto que a Aparecidense teve uma vitória merecida contra o Atlético Goianiense e veio motivada. No início, a gente realmente não entrou bem. Então, acho que nossa chateação de não ter conseguido a vitória foi porque tivemos boas oportunidades no 2° tempo, mas no 1º tempo realmente entramos um pouco abaixo do que o jogo necessitava.

EURODIESEL NOTICIA

Assim, a torcida está no seu direito de reclamar, mas eu acho que fizemos uma boa partida. A vitória não veio por falta de eficiência nossa no ataque, porque tivemos oportunidades e criamos. A Aparecidense, no 2º tempo, só chegou com bola parada e acredito que evoluímos do jogo passado para esse.

Satisfação de Zé Ricardo com a equipe esmeraldina

O que me deixa satisfeito é todo o empenho do nosso grupo. Dos grupos que eu trabalhei, tenho certeza de que o nosso está entre os principais nos quesitos dedicação, empenho e comprometimento. Certamente precisamos evoluir, mas, nesse sentido, eu fico satisfeito. Lógico, criar o volume que criamos e não conseguirmos efetivar, precisamos continuar trabalhando e a insatisfação é proporcional à tudo aquilo que apresentamos nesses 21 dias de trabalho.

São muitos jogos e poucos trabalhos específicos para que possamos fazer o polimento. Lógico que a torcida está chateada, eu respeito e agradeço pela boa presença aqui, mas o que passou no passado já ficou para trás. Não podemos ficar com esse tipo de peso, porque senão não conseguimos evoluir.

Por isso, mesmo achando que eu não tenho esse direito, estou sempre tentando pedir a torcida um pouco de paciência, que a gente vai melhorar e entregar. Porém, as coisas não acontecem da noite para o dia. Realmente, a construção de um elenco novo passa por várias etapas e estamos caminhando nelas.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast