Atlético-GO

Presidente do Atlético-GO analisa mudanças na equipe, fala de questão física dos jogadores e promete reforços para julho

Confira!

Por: Danyela Freitas 24/04/2022 22:19

Depois do empate do Dragão com o Botafogo, no Estádio Antônio Accioly, Adson Batista falou com a imprensa. Em resumo, o presidente do Atlético-GO disse ter gostado das mudanças feitas pelo técnico Umberto Louzer. No entanto, citou a questão física como um ponto negativo e, por fim, garantiu que chegarão mais reforços em julho.

A saber, com o empate deste domingo (24), o Dragão chegou a dois pontos no Brasileirão. Assim, momentaneamente, está na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª colocação. Confira a entrevista do presidente com as Feras do Esporte!

“Quanto às mudanças, achei que o treinador fez certo. Tem que buscar alternativas. O goleiro Ronaldo trouxe algo a mais e gostei da postura dele. Além disso, não brincou na saída de bola e nos deu segurança. Agora, vai pegar ritmo de jogo e vai ganhar mais confiança a cada dia. Com isso, tenho certeza de que o Ronaldo vai nos ajudar. […] Claro que é doloroso tomar gol nos últimos segundos, mas temos que aprender que Série A é isso.

Se você abdicar de jogar um pouquinho, você paga o preço. Portanto, tínhamos que segurar um pouco mais a bola lá na frente e não recuar tanto. Para julho, preciso achar umas duas peças para o treinador ter mais condições de fazer as mexidas para o time não cair tanto. Ademais, não treinamos há uns 40 dias, apenas fazendo regenerativo. Por isso começaram as lesões, porque os atletas não treinam nem fazem reforço muscular.”

EURODIESEL NOTICIA

Presidente do Atlético-GO afirma confiar no grupo e também no trabalho do técnico Umberto Louzer

“[Quanto a poupar ou não jogadores] Precisamos conversar com os profissionais da parte física e com nosso treinador. Teremos que avaliar isso. A saber, por não estarem treinando, os jogadores vão perdendo a condição física. No entanto, estou confiante. Gostei muito da dupla de zaga [Wanderson e Ramon Menezes] e também do Ronaldo. Não é que o Luan Polli seja péssimo, porém futebol é feito de momento.

[…] O banco de reservas do Botafogo conseguiu trazer um algo a mais que o nosso banco não trouxe. A partir disso, preciso trazer pelo menos duas ou três peças para o treinador manter o nível nas substituições. Aqui, dentro de casa, não podemos abaixar a linha tanto. Recuamos muito e pagamos o preço. No entanto, eu tenho confiança no nosso grupo e também no Umberto Louzer, que vem fazendo um bom trabalho.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast