Campeonato Goiano

Futebol pelo Brasil

Vila Nova

Nova oportunidade! O time de futebol feminino do Vila Nova pode permanecer na série A2 do Brasileirão; confira detalhes

A equipe do Ceará abriu mão da vaga na 2ª divisão do campeonato nacional

Por: Renata Akutsu 08/03/2024 17:42

Nesta sexta-feira (8) o repórter Paulo Massad, da equipe das Feras do Esporte, da BandNews Goiânia, conversou com o Professor Willian Mendes, coordenador de Esportes Olímpicos do Vila Nova. A saber, o profissional comentou sobre a possibilidade do time feminino do clube colorado permanecer na 2ª divisão do Brasileirão.

Em resumo, a equipe do Ceará desistiu da participação na Série A2, e deixa uma vaga em aberto para a divisão. “Então nós entendemos, enquanto Vila Nova, que essa vaga tem que ser nossa, do centro-oeste, do estado de Goiás. E nós estamos fielmente lutando para isso”. Ainda vale destacar que a Federação Goiana de Futebol está apoiando a equipe colorada na busca por esta oportunidade: “ela [FGF] encaminhou o ofício, a nossa solicitação, para a CBF“.

É importante lembrar que na última temporada, a equipe de futebol feminino do Vila Nova foi a 17ª colocada no Brasileirão A2. Sendo assim, um dos quatro times rebaixados para a 3ª divisão. Contudo, o coordenador destaca que: “a esperança de permanência é grande neste momento. Estamos prontos, treinando todos os dias e lutando com unhas e dentes por esta vaga”.

Além disso, Willian Mendes ressaltou que a permanência do Vila Nova na Série A2 abriria uma vaga para o Flugoiânia disputar a Série A3. Sendo assim, ele conclui: “é um time que está com um trabalho legal e já com a base pronta”.

A briga entre Vila Nova x Uberlândia

A princípio, a equipe colorada estava na briga pela vaga pertencente ao Real Ariquemes, time que disputou a 1ª divisão e que seria rebaixado a Série A2. No entanto, o time foi banido de campeonatos nacionais pela CBF, por divergências com a Federação de Futebol do Estado de Rondônia.

Sendo assim, o Vila Nova e o Uberlândia demostraram interesse na vaga. O Tigre acreditava que como foi o 1ª na lista dos rebaixados, ela deveria ser ocupada pela equipe colorada. Contudo, o time mineiro, 5º colocado do Brasileirão A3 também reivindicou um lugar na 2ª divisão, por ser o próximo na lista dos que conquistaram o acesso.

Conclusão: a CBF divulgou que a vaga seria da equipe mineira, que subiria para a 2ª divisão do Brasileiro Feminino. No entanto, a equipe do Uberlândia abriu mão da oportunidade. Sendo assim, o 6º colocado aa Série A3 disputará a Série A2.

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Tigre  <<<<<

Trajetória do Vila Nova com o futebol feminino 

O coordenador Willian Mendes ainda comentou que a equipe feminina surgiu em 2020, quando o Vila Nova disputava a Série C do Campeonato Brasileiro Masculino. Ou seja, “sem obrigação nenhuma” de ter um time na modalidade, concluiu o profissional.

Além disso, ele garante, “o Vila Nova quer muito o futebol feminino. Nós queremos muito participar, fazer bonito e representar essa torcida”. O profissional ainda destacou que o clube colorado tem times da categoria sub-10 até a adulta.

Por fim, Willian Mendes espera que o estado de Goiás possa ser bem representado no futebol feminino. No entanto, ele afirma: “Hoje eu sinto que nós estamos ficando de cinco a oito anos atrasados em relação a Rio-São Paulo”. Ademais, o coordenador concluiu: “eu não quero ficar disputando Brasileiro para não chegar na final. Eu quero subir, representar, ser campeão, e porque não, disputar Libertadores. E nós temos a competência, trabalho, motivação e disciplina para isso”.

1 Comentário

  1. Valdemiro Alves de Jesus disse:

    Primeiro meus parabéns William pelo seu aniversário, não adianta lutar por essa vaga e não ter competência para subir ou Até mesmo permanecer. Temos de reforçar,.porque fui em vários jogos no passado e achei o time fraco. Abraços

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast