Vila Nova

No OBA, Vila Nova é derrotado por Brusque e não vence há cinco jogos nesta Série B

Confira!

Por: Matheus Carvalho 07/06/2022 20:58

Em jogo válido pela 11ª rodada da Série B, Vila Nova e Brusque se enfrentaram na noite desta terça-feira (7), no OBA. No entanto, mesmo jogando em casa, o Tigre não conseguiu se impor. Assim, a equipe catarinense venceu por 2 x 0, com gols de Zé Mateus e, contra, de Daniel Amorim. Confira os detalhes com as Feras do Esporte!

https://batershopp.com.br/

Melhores momentos de Vila Nova x Brusque

1º Tempo

Em início truncado, os clubes tiveram dificuldades em propor as suas metodologias e executar as jogadas. Dessa maneira, o Vila Nova teve mais a posse de bola, porém não conseguiu desenvolver as investidas. Contudo, levou perigo com Pablo Dyego após tentativa de finalização de Moacir, o atacante desviou no meio do caminho, mas a bola subiu demais e foi para fora. Na sequência, depois da zaga afastar mal, Arthur Rezende dominou no peito e acabou finalizando para fora.

Por outro lado, o Brusque teve muita dificuldade em trabalhar suas jogadas e chegou a sua primeira finalização aos 27′, com Zé Mateus. Na ocasião, o volante arriscou de fora da área, porém a bola subiu muito e foi por cima da baliza de Tony. Contudo, a resposta do Vila Nova veio na cabeçada de Daniel Amorim após escanteio, mas a pelota carimbou o pé da trave.

Em tese, após início truncado e sem criatividade, o jogo se soltou na metade do 1º tempo. Pelo lado do Vila Nova, o Tigre conseguiu ter as ações do jogo, porém teve dificuldade na criação e apostou nas bolas paradas, onde conseguiu chegar com perigo ao gol adversário. Em contrapartida, o Brusque tentou esboçar uma pressão e surpreender nos contra-ataques rápidos, mas pouco criou e não levou perigo à baliza de Tony. Com isso, a 1ª etapa terminou empatada em 0 x 0.

2º Tempo

Diferente da 1ª etapa, o 2º tempo iniciou movimentado, com o Vila Nova pressionando. Assim sendo, Matheuzinho fez o giro em cima da marcação e finalizou, mas a bola passou rente à baliza de Jordan. Na sequência, Pablo Dyego dominou e chutou fora da área, porém a pelota pegou muita curva e foi para a linha de fundo. Por outro lado, Brusque tentou trabalhar nos contra-ataques rápido, mas encontrou dificuldades na distribuição das jogadas.

Contudo, aos 26’, Zé Mateus abriu o marcador para o Bruscão. Nesse contexto, Todinho dominou na ponta direita, conduziu e rolou para o volante, que bateu de primeira na entrada da área para o fundo da rede. Após isso, o Vila Nova tentou a recuperação, mas na tentativa de Jean Silva, depois de escanteio, o atacante não conseguiu o domínio. Em seguida, o balde de água fria veio aos 39’, com o gol contra de Daniel Amorim. Nesse contexto, após cobrança de falta, Arthur Rezende desviou, a bola bateu no peito do atacante e entrou.

Em tese, o Vila Nova iniciou pressionando, porém o desempenho do Tigre oscilou após o primeiro gol. Por outro lado, o Brusque conseguiu a virada de chave nas substituições de Luan Carlos. Nesse contexto, o plantel ter efetividade nas poucas oportunidades. Com isso, a partida terminou com a vitória dos visitantes por 2 x 0.

Agenda – Vila Nova x Brusque

Na sequência, o Vila Nova visita o CRB no próximo sábado (11), às 16h30 (horário de Brasília). Por outro lado, o Brusque enfrenta o Ituano no sábado (11), às 11h (horário de Brasília), no Augusto Bauer.

2 Comentários

  1. Wilmar disse:

    O Vila Nova fc não tem um atleta da base do clube time de boleiro só ganha se antecipar s os salários e premiação

  2. Miguel Martins disse:

    boa tarde. penso diferente de alguns comentarios que acompanhei, na opniao nao é queatao de salario antecipado. o problema é o tecnico, o ditado popular no futebol é tecnico não ganha se fosse assim o Jorge de Jesus nao teria ficado no flamengo enquanto o deu conta de segurar o tecnico Jorge.

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast