Atlético-GO

“Muito jogador nutella”! Em entrevista exclusiva, Adson Batista fala sobre aspectos internos do clube, saída de jogadores e novas contratações para a sequência da Série B

Presidente garante a busca por jogadores com o perfil do Atlético-GO

Por: Júlia Laiany 21/06/2023 17:25

Na tarde desta quarta-feira (21), Adson Batista conversou com exclusividade com as Feras do Esporte e tratou de assuntos quentes da semana no Dragão! A saber, o time goiano negocia a saída de atletas que não estão nos planos para a disputa da difícil e competitiva Série B.

EURODIESEL NOTICIA

Na oportunidade, o presidente falou sobre pontos de conflito internos do Atlético-GO e a dispensa de jogadores aquém do esperado. Além disso, Adson ressaltou a busca de novos atletas para o elenco do Rubro-Negro e a ida ao mercado na janela de transferências, visando a renovação do grupo para a continuidade da temporada.

>>> Entre no nosso grupo de WhatApp e saiba tudo sobre o Dragão <<<

Adson fala sobre nível da Série B e oscilação do Atlético-GO

Futebol é momento e nós realmente passamos por momentos de dificuldade, alguns jogadores muito abaixo do que podem. No começo do ano era falado por todos e até por nós, por uma confiança muito grande, que íamos brigar em cima. E realmente, no Brasileiro Série B, não conseguimos ter uma sequência, fazer o dever de casa e competir. Porque é um campeonato totalmente diferente, é muito físico.

Se você não competir muito e for muito determinado, você passa por momentos de dificuldade. Não adianta. É um campeonato em que ninguém respeita camisa […]. Então, temos que tirar esses conceitos e dar uma guinada. Eu espero que esses dez dias possam ter sido importantes para o Valentim trabalhar. Trabalho aqui não faltou. Principalmente recuperar alguns jogadores prioritários para que a gente consiga voltar a jogar em um nível que nós esperamos.

Presidente destaca trabalho de Valentim e comenta postura de jogadores

Não é culpa só dele [Alberto Valentim]. O grupo não conseguiu assimilar as questões técnicas e táticas. […] E o Valentim tem trabalhado muito. Espero que nesses dez dias ele consiga tirar algo e recuperar alguns jogadores. Nós vínhamos com um problema muito sério defensivamente falando, com o time muito exposto e jogando em linha. Situações que não podem ocorrer no futebol.

Então, trabalharam muito e espero que alguns jogadores aqui que realmente são referência, chamem a responsabilidade, pois nosso time tem carência de liderança. […] Então, esse é um problema que nós temos aqui dentre outros. Cada jogador faz o seu, mas não pensa no coletivo, não tem liderança e não chama a responsabilidade. Muito jogador nutella, com todo respeito. […]

Chegada e saída de jogadores

Hoje é muito difícil porque você não tem jogador. São jogadores que não querem muita cobrança, muito desgaste. Eles vem e fazem o deles tudo certinho, mas é pouco para você conseguir em uma Série B que é muito nivelada. A forma como é jogada nivela muito na parte física e em competitividade […].

É todo mundo competindo de maneira muito forte e a qualidade fica em segundo plano. Primeiro é a entrega tática e física. Então, são problemas que temos convivido muito em achar jogadores com esse perfil. Sobre essa questão de jogadores saindo é porque não encaixou. […] Alguns jogadores aqui muito acomodados, então a gente vai tirando e vamos tirar mais gente.

Vão chegar mais uns cinco jogadores que esperamos que possam trazer algo novo e que traga um espírito de competitividade maior. Porque a palavra na Série B é ‘competitividade’ e eu espero que isso aconteça. […] Infelizmente, eu não posso adiantar nomes, mas nós estamos tentando um bom atacante, um volante, laterais e zagueiros. São os setores que mais precisamos para poder conjugar com o que temos aqui e voltar a competir no bloco de cima, porque hoje nossa questão é intermediária e precisamos fazer uma sequência para pensar e sonhar algo maior.

https://www.youtube.com/watch?v=agTo3CiuIt8

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast