Vila Nova

Márcio Fernandes detalha ‘reconstrução’ do time do Paysandu e elogia Allan Aal: “vem fazendo um trabalho maravilhoso”

Após não conseguir o acesso para a Série B de 2023 com o time paraense, treinador tenta fechar bem o ano com o título da Copa Verde

Por: Danyela Freitas 19/11/2022 14:59

Em mais uma entrevista exclusiva, o técnico Márcio Fernandes, ex-Vila Nova e atualmente no Paysandu, conversou com as Feras do Esporte, da BandNews Goiânia. Assim, de forma exclusiva, o treinador falou sobre ‘reconstrução’ da equipe paraense e também a dificuldade de jogar contra o Tigre em Goiânia. O comandante analisou o jogo de ida e criticou a arbitragem.

A saber, Márcio Fernando é bicampeão da Série C com o Vila Nova, em 2015 e em 2020. Entretanto, nesta temporada, comandando o Paysandu, o técnico não conseguiu o acesso para a Série B de 2023. Com isso, tentando encerrar bem o ano, o Papão briga pelo título da Copa Verde.

Quando chegamos ao Paysandu, tínhamos somente quatro jogadores. Sendo assim, a gente precisou montar uma equipe nova, reformular todo um planejamento e fazer com que pudéssemos trazer o torcedor de volta. O torcedor do Paysandu estava um pouco descrente. E conseguimos tudo isso. O torcedor prestigiou o ano todo, sempre no estádio.

https://batershopp.com.br/

Inclusive, dentro da Curuzu, perdemos poucos jogos durante a temporada. Sempre com o estádio lotado. Isso porque a equipe foi envolvente e mostrou um futebol ofensivo, alegre. Tudo que o torcedor do Paysandu gosta. Isso foi um feito da nossa comissão técnica. Em resumo, hoje somos uma equipe que joga com muita intensidade, com posse de bola e procurando o gol sempre.”

Técnico Márcio Fernandes elogia Allan Aal e critica arbitragem do jogo de ida

Já estive do outro lado [comandando o Vila Nova] e conheci a torcida e esse clube maravilhoso que o Vila. Então, sabemos das dificuldades que teremos. No entanto, estamos confiantes e esperamos fazer um grande jogo. Antes disso, no jogo de ida, em Belém, fomos prejudicados. Creio que a arbitragem não foi a ideal.

O árbitro se excedeu muito em cartões amarelos no início da partida e depois isso prejudicou. Em seguida, em alguns lances em que o árbitro poderia ter dado o cartão, ele teve que expulsar. A partir disso, ficou um jogo atípico para a gente. Entretanto, ainda assim, acho que fizemos uma boa partida. Mesmo com um jogador a menos, procuramos neutralizar a força do Vila Nova.

Corríamos um grande risco por causa da qualidade da equipe deles. É uma equipe que vem muito bem montada pelo Allan Aal. Ele vem fazendo um trabalho maravilhoso à frente do time, levando a equipe a ser uma das melhores do 2º turno da Série B.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast