Futebol pelo Brasil

Goiás

Marcão fala sobre experiência de jogar no exterior e garante que estará fisicamente pronto para estrear pelo Goiás na Série B

Confira todos os detalhes da coletiva de apresentação do novo volante esmeraldino

Por: Júlia Laiany 08/04/2024 16:11

Oficialmente apresentado pelo Goiás nesta segunda-feira (8), Marcão alegou que a busca de competitividade fez com que retornasse para o futebol brasileiro. A saber, o volante esteve uma temporada no Vietnã e não atua desde dezembro.

EURODIESEL NOTICIA

Em resumo, o atleta falou sobre como foi jogar no exterior em sua entrevista coletiva. Além disso, Marcão afirmou que não está em fim de carreira e vem para o Verdão para competir. Por fim, questionado sobre a sua condição física, ele garantiu que está treinando e estará pronto para a estreia na Série B.

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Esmeraldino <<<

Algo novo

Claro que é o sonho de todo atleta jogar fora do Brasil. Agora, depois de um ano, pensei em retornar porque chegamos em alguns países que falta competitividade. Eu passei minha vida inteira jogando, trocando raça, gladiando e matando um leão por dia.

Então, eu estava sentindo falta disso e dessa competitividade. Por isso, quando surgiu a oportunidade de vir para o Goiás, um clube grande, com uma torcida imensa, com a história que tem e com o projeto de retornar à Série A, isso me abrangeu muito e me fez pensar seriamente em voltar a jogar no Brasil. […]

A situação física de Marcão

Todas as ligas fora do Brasil são totalmente diferentes. Eu acho que o Brasil é o país em que se tem mais jogos no ano. Portanto, requer ser estudado e colocado tudo isso em pauta. Meu último jogo foi em dezembro, não porque eu quis, mas por conta do calendário deles mesmo. Porém, nesse tempo todo tem que ser muito profissional, você não pode estar parado […].

Eu tenho certeza que para a 1ª rodada vou estar pronto. Já começo a treinar com o grupo. Nessa semana toda intensificamos muito os treinos, eu estava precisando. Estava treinando em casa, mas é totalmente diferente do que treinar em um clube. Assim, tenho certeza que, para a 1ª rodada, estarei pronto e preparado para ficar à disposição do professor Márcio.

1 Comentário

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast