Futebol pelo Brasil

Goiás

Lucas Halter comenta sobre responsabilidade de ser capitão do Goiás na ausência de Tadeu e projeta duelo contra Botafogo: “sabemos que temos muita coisa para corrigir”

Zagueiro foca no trabalho e cita a correção de erros. Confira a entrevista!

Por: Danyela Freitas 12/05/2023 10:21

Antes do penúltimo treinamento antes de encarar o Botafogo, Lucas Halter concedeu entrevista na manhã desta sexta-feira (12). Voltando de suspensão, o zagueiro (e agora capitão do Goiás) falou da responsabilidade de usar a braçadeira na ausência do goleiro Tadeu, que vem tratando uma fratura no menor dedo da mão direita.

Além disso, Halter projetou a próxima partida diante do Botafogo, atual líder do Brasileirão e que tem 100% de aproveitamento. O Esmeraldino, por sua vez, em cinco jogos, tem uma vitória e quatro derrotas, a mais recente para o Flamengo. A partir disso, o zagueiro falou sobre corrigir os erros e focar no trabalho.

Momento de trabalhar e corrigir

“ Pegamos uma sequência muito dura no início do Brasileirão, com as melhores equipes do Brasil. Além disso, neste domingo (14), enfrentaremos o líder do campeonato. Entretanto, não tem como escolher adversário. Sabemos que o nível de todos os jogos são altos. Estamos preparador para isso. Portanto, temos que colocar a cabeça no lugar para trabalhar e corrigir para podermos fazer um grande jogo dentro de casa. É muito importante voltar a vencer em casa.

[…] Nós sabemos que temos muita coisa para corrigir. A gente vem de duas derrotas seguidas no Brasileirão. Precisamos corrigir algumas coisas no treinamento. São detalhes. Num nível tão alto, pequenos detalhes fazem a diferença no futebol. Com isso, precisamos caprichar um pouco mais, ter uma solidez maior defensivamente. O nível dos jogos estão altos e, dessa forma, temos que aumentar também nosso nível de concentração e de empenho.”

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Esmeraldino <<<

Sem o goleiro Tadeu, Lucas Halter vem sendo o capitão do Goiás e fala de responsabilidade

“ Sabemos que nosso capitão sempre foi e sempre será o Tadeu. Fico muito feliz de poder ser o capitão. No entanto, para mim, isso não interfere em nada, porque não mudou minha postura. Com a braçadeira ou não, tento ajudar o máximo sempre, dentro e fora de campo. Meu perfil não muda, sempre foi assim. Tento ajudar todo mundo. O que estiver ao meu alcance, vou fazer para ajudar o Goiás,”

5 Comentários

  1. This is really interesting, You are a very professional blogger.
    I have joined your rss feed and sit up for
    searching for more of your great post. Additionally, I’ve shared your website in my social networks

  2. Hi, i read your blog from time to time and i own a similar one
    and i was just curious if you get a lot of spam remarks?
    If so how do you stop it, any plugin or anything you can suggest?
    I get so much lately it’s driving me mad so any support is very much appreciated.

  3. Inspiring quest there. What happened after? Good luck!

  4. For most up-to-date news you have to pay a visit
    web and on the web I found this website as a best site for most up-to-date updates.

  5. I’m impressed, I must say. Seldom do I encounter a blog that’s both equally educative and entertaining, and without a doubt, you’ve hit the nail on the head.
    The problem is something too few people are speaking intelligently about.
    I am very happy I found this in my search for something
    concerning this.

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast