Vila Nova

Hugo Jorge Bravo revela custo mensal para manter Vila Nova e negociação de Clayton: “já havíamos recusado 5 propostas pelo Clayton”

Vila Nova vence o Atlético-GO em casa e Presidente Hugo Jorge Bravo faz fortes declarações.

Por: Ana Lívia Luis Dias 19/02/2022 19:52

O Vila Nova venceu o Atlético-GO por 2×0 no Antônio Accioly. Após a vitória o Presidente Hugo Jorge Bravo falou sobre o resultado e também a saída do atacante Clayton.

“As coisas se ajustaram, a gente tem plena confiança nos nossos jogadores, devem ir para casa comemorar e tem que ser comemorado mesmo”, falou Hugo Jorge sobre a vitória.

Clayton

Clayton foi emprestado para o Coritiba, fator que gerou muitas críticas por parte dos torcedores. O Presidente revelou o caminho até esse momento:

“Nós já havíamos recusado 5 propostas pelo Clayton, uma do Irã, duas da Coreia e duas da Série A. Entendíamos que não era o momento, quando nós terminamos o Campeonato Brasileiro, nos preparamos para isso (saída), trouxemos o Rubens que é um atleta que tem nossa total confiança”.

Hugo ainda destacou a necessidade de arrecadar e o custo mensal para manter o Vila Nova.

“Nós precisamos de 1 milhão e 100 mil por mês, isso eu posso revelar para todos. Eu tenho a dizer que começamos a receber a cota de televisão apenas em abril”, declarou o Presidente.

Ainda afirmou que não conseguiu arrecadas com bilheteria e o empréstimo de Clayton surgiu em bom momento para a situação financeira:

“Confesso a vocês que nenhum jogo a gente conseguiu um real no caixa, o que eu esperava era o clássico em casa e não deu nem para pagar o bicho. Ainda estou em dívida com vários funcionários, não paguei o 13º, para falar a verdade, estou comemorando a vitória, mas preocupado como vamos pagar a folha do mês que vem, ai apareceu a situação do Clayton”.

O Vila Nova emprestou o jogador mediante a um valor pelo empréstimo e também com o passe fixado. Mantém vínculo com o atacante até o junho de 2024: “O Clayton continua sendo atleta do Vila, emprestamos por 8 meses, renovamos por 1 ano e 1 mês”.

1 Comentário

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast