Vila Nova

Fernando Prass relembra título pelo Vila Nova e elogia torcida colorada: “foi fundamental nessa retomada no 2º turno”

Com o Tigre, Prass conquistou seu primeiro título na carreira profissional jogando como titular

Por: Danyela Freitas 19/11/2022 14:00

Continuando a sequência de reportagens especiais com entrevistas exclusivas, Fernando Prass conversou as Feras do Esporte, da BandNews Goiânia. A saber, o ex-goleiro foi campeão goiano com o Vila Nova em 2001. Figura emblemática de Palmeiras e Vasco, Prass relembrou sua passagem pelo Tigre e exaltou a torcida colorada.

Falar de coisas que me remetem a Goiânia é sempre muito prazeiroso para mim. Vivi muitas coisas boas nessa cidade: meu começo de carreira e meu primeiro título profissional jogando como titular. Até quando eu defendia outro clube e ia jogar em Goiânia, sempre me trazia recordações muito positivas.”

Fernando Prass relembra título pelo Vila Nova

As lembranças são as melhores possíveis. No quarto em Porto Alegre, tenho uma foto do título de Campeonato Goiano de 2001. Eu me lembro de que, no jogo decisivo, o Serra Dourada recebeu 65 mil torcedores. Além disso, ficaram cerca de 10 mil pessoas de fora do estádio.

Foram dois grandes jogos [de ida e volta]. Em resumo, nós tínhamos uma pressão muito grande justamente por conta de o Goiás vir de uma sequência de cinco títulos seguidos do Campeonato Goiano. Foi a minha primeira oportunidade de ganhar um título como profissional atuando como titular.

Ainda mais da maneira como aconteceu. Assim, foram jogos incríveis, com todos os ingredientes para uma grande decisão, com o estádio lotado, grande adversária e uma comemoração absurda. Portanto, isso me marcou bastante.“

Ex-goleiro elogia torcida colorada

A torcida é fundamental. Tem torcidas que entendem e apoiam. Nesta temporada, vi as torcidas de dois clubes nos quais já joguei: a do Vasco, que foi teve uma grande importância, e a do Vila Nova, que foi fundamental nessa retomada no 2º turno da Série B. Em suma, em boa parte do 1º turno, o Vila Nova foi dado por muitos como virtual rebaixado.

https://batershopp.com.br/

No entanto, o Allan Aal, com quem já joguei no Coritiba e que é meu amigo, chegou e ajudou bastante o time. Acompanho muito o Vila. Tenho um vínculo com o clube. Por fim, sem dúvida nenhuma, em decisões, principalmente quando os clubes são de Estados diferentes e distantes, a torcida e o fator local fazem toda a diferença.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast