Goiás

Fellipe Bastos revela sonho de conquistar título da Copa do Brasil pela segunda vez e planeja ‘surpreender’ Bragantino

Confira!

Por: Danyela Freitas 19/04/2022 10:29

De olho no confronto de ida da 3ª fase da Copa do Brasil, o Goiás vem se preparando. Em resumo, nesta quarta-feira (20), o Esmeraldino recebe o RB Bragantino no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia. A partir disso, Fellipe Bastos falou sobre o duelo e a importância do torneio para o Verdão. A saber, o meia conquistou o título da competição em 2011, quando defendia as cores do Vasco da Gama. Confira com as Feras do Esporte!

“Primeiramente, não tem um favorito. São competições distintas. Estamos disputando o Brasileirão, que tem uma maratona de 38 jogos e precisamos manter uma constância. Por outro lado, a Copa do Brasil são dois jogos, 180 minutos. Assim, o primeiro jogo é na nossa casa, com 90 minutos, diante da nossa torcida. Com isso, sabemos que temos que conseguir um resultado positivo e sermos inteligentes para não tomar gols. A saber, é uma competição com a qual a gente sonha. Assim, quando você vai atrás do seu sonho, você vai com tudo. E vamos com tudo para esta competição para colocar nosso nome na história do Goiás.”

EURODIESEL NOTICIA

Fellipe Bastos cita preferência por segundo jogo do mata-mata em casa, mas ressalta ‘jogo inteligente’

“Tenho confiança e convicção de que que podemos fazer um bom trabalho. A gente vem desempenhando um bom trabalho. Perdemos alguns jogos e um título, mas em nenhum momento nós duvidamos da nossa capacidade. Além disso, sabemos que precisamos melhorar em alguns aspectos e já identificamos quais são. É um campeonato muito bom de conquistar, até financeiramente falando. Já ganhei essa competição e sei o quanto isso é benéfico para a carreira do jogador. Portanto, converso muito sobre isso com o grupo.

Além disso, um título como esse é importantíssimo para o clube, para a comissão técnica e para a diretoria. Sendo assim, iremos atrás do nosso sonho. No entanto, não basta somente sonhar, tem que trabalhar, buscar e evoluir nos jogos. Vimos a partida do Bragantino contra o Atlético-GO e sabemos da qualidade que eles têm. Em contrapartida, também sabemos dos defeitos deles, e vamos trabalhar nisso para surpreendê-los. […] Em resumo, prefiro fazer o segundo jogo em casa, diante do torcedor. No entanto, agora não tem saldo de gol. Inclusive, em 2011, fui campeão da Copa do Brasil com o Vasco a partir do saldo de gols. De toda forma, precisamos fazer um jogo inteligente e termos calma.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast