Futebol pelo Brasil

Vila Nova

Diretoria do Vila Nova critica arbitragem da partida contra Coritiba

Os dirigentes não concordam com a falta de critério nos lances da partida

Por: Renata Akutsu 30/06/2024 21:55

No último sábado (29), Coritiba e Vila Nova empataram no Estádio Couto Pereira, na capital paranaense. A partida terminou com o placar de 1 x 1, com gols de Henrique Almeida, pelo Tigrão, e de Robson, pelo Coxa. No entanto, o jogo foi marcado por polêmicas de arbitragem.

No 1º tempo da partida, o árbitro Denis da Silva não marcou o pênalti, quando a bola bateu na mão do jogador do Coritiba, dentro da área. Já no final do jogo, em um lance bem parecido, o mesmo aconteceu a favor do Coxa, mas o VAR revisou e a penalidade foi marcada. Portanto, a maior reclamação do Tigrão é a falta de critério da arbitragem.

“A gente não tem critério na arbitragem do Brasil. Qual o critério que ele usou para ir revisar o lance do Coritiba, que eu achei que foi pênalti, e o VAR nem chamar ele para revisar o lance a favor do Vila Nova? Que tipo de critério está sendo usado? É isso que a gente não consegue entender. São erros cruciais e dois pontos importantes que fazem falta. […] Esse tipo de erro pontual nos custa muito”, destacou Carlos Frontini, diretor de futebol do Tigrão.  

“A mesma situação e dois critérios diferentes, e nós fomos penalizados sim. Não foi justo e o árbitro deveria ter ido olhar. [..] Não digo que o pênalti do Coritiba não foi, mas no nosso, o árbitro teria que dar a posição dele”, completou Luizinho Lopes, técnico do Vila Nova.

Além da falta de critério nos pênaltis, Luizinho Lopes, também questionou o cartão amarelo que recebeu no 1º tempo. “Se pelo menos eu tivesse sido mal educado, ou se eu tivesse respondido de maneira irritada, tudo bem, mas me surpreendi e fiquei extremamente contrariado”.

>>>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Vila Nova <<<<<

Além disso, o presidente do Vila Nova, Hugo Jorge Bravo, também não concordou com a atuação do árbitro da partida. O profissional ainda comentou nas redes sociais que vai solicitar as imagens e os áudios do VAR.

Hugo Jorge Bravo

EURODIESEL NOTICIA

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast