Atlético-GO

Definido! Presidente do Atlético-GO, Adson Batista, confirma permanência de Eduardo Souza para 2023; confira detalhes da coletiva

Confira a entrevista coletiva de Adson Batista, após rebaixamento do Atlético-GO

Por: Bruna Alves 13/11/2022 20:54

Após empate contra o América-MG, o Atlético-GO teve o rebaixamento confirmado. O presidente do clube, Adson Batista, deu entrevista coletiva após o jogo. Confira os detalhes com as Feras do Esporte!

EURODIESEL NOTICIA

De início, o dirigente falou que apesar do rebaixamento para a Série B, o clube não está ‘se apequenando’, pois irá continuar ‘forte, evoluindo e crescendo’ diante dos ensinamentos futuros. Relembrou as questões que foram problemas na temporada, como as lesões de alguns jogadores e um elenco menor do que o necessário.

Eduardo Souza fica no comando do Atlético-GO!

Sobre o jogo deste domingo (13) contra o América-MG, Adson considerou o time goiano como melhor em campo e que mereciam ganhar o jogo. Em seguida, o presidente afirmou que Eduardo Souza será efetivado como técnico da equipe para 2023. “Ele tem conteúdo, tem capacidade e vamos iniciar o ano fortes, com um treinador que conhece o clube… Acredito que o Atlético vai fazer um grande ano, não tenha dúvida disso”, declarou.

Logo após, falou sobre a situação dos jogadores do clube. Afirmou que o Atlético-GO possui jogadores importantíssimos e que já recebeu propostas sobre alguns atletas, como por exemplo, Wellington Rato. Porém, declarou que nem toda proposta agrada, que serão analisadas com ‘cabeça fria’ e que vários pontos devem ser analisados, para que fique bom para o ‘clube, empresário e jogador’.

Apesar da queda, Adson Batista elogiou a atuação do time nas últimas partidas pelo Campeonato Brasileiro e afirmou ter orgulho de boa parte da equipe. “Eu tenho orgulho de alguns jogadores, 95% tem o meu respeito. Uma pequena parte que realmente faltou um pouco de profissionalismo, coragem e competitividade”, completou.

Com isso, Adson tranquilizou o torcedor rubro-negro, afirmando que o próximo ano será um ‘ano feliz’ e que vão brigar ‘de igual para igual’ em todas as competições que participarem. “O torcedor tem que ter orgulho do Atlético e eu vejo que a gente pode ter um ano com bastante conceitos e muita coisa positiva”, finalizou o dirigente.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast