Futebol pelo Brasil

Campeão da divisão de acesso, presidente do Inhumas fala sobre trajetória no campeonato, torcida e adequações para a próxima temporada; confira entrevista

Paulo Roberto falou sobre a provável permanência do técnico Gilberto Pereira no Inhumas, para a próxima temporada

Por: Bruna Alves 01/11/2022 18:34

O Inhumas conquistou o acesso à 1ª divisão do Campeonato Goiano e o título antecipado da Divisão de Acesso, após vencer o Itumbiara por 3 a 1 no domingo (23). Com isso, as Feras do Esporte, da Band News Goiânia, trazem uma entrevista exclusiva com o presidente do Inhumas, Paulo Roberto Barbosa. Confira!

Entrevista exclusiva com Paulo Roberto, presidente do Inhumas

Com a grande campanha da pantera, a equipe conquistou o acesso faltando uma rodada para o fim do Campeonato, após 27 anos fora da elite goiana. Além disso, o campeão Inhumas encerrou a campanha com 27 pontos no total. Foram oito vitórias, três empates e três derrotas.

O Presidente Paulo Roberto falou como foi o processo de montagem do elenco e comissão técnica para a disputa da segunda divisão do Campeonato Goiano. Sobre os jogadores, o elenco era considerado forte, desde os titulares a aqueles que estavam no banco. Paulo Roberto falou sobre os times que o Inhumas enfrentou em disputas difíceis com equipes fortes e relembrou aqueles que foram rebaixados.

“Enfrentamos o Itumbiara que já foi campeão goiano da primeira divisão… O Jaraguá que vinha de uma boa campanha agora em 2020 recentemente, que acabou caindo também o ano passado mas é uma equipe forte que tem uma tradição. E o Cerrado realmente foi, acho que a decepção do campeonato, não só pra eles, até pra gente. Também que montaram um elenco forte, um elenco competitivo, mas infelizmente é aquela coisa, futebol, né? Não deu liga, não vai.”

Contra o Anapolina e Goiânia, a equipe da Pantera teve bons jogos e bons resultados. O Inhumas assumiu a liderança da competição ainda na quinta rodada do campeonato e assim permaneceu até o final, conquistando o almejado título. Em seguida, o presidente do clube falou sobre o foco para 2023: montar uma equipe competitiva para ‘brigar’ contra os times que estão na elite do campeonato há muito tempo.

“Brigar agora com os clubes que estão na elite do campeonato goiano há tantos anos não é fácil a gente sabe. Mas a gente vai tentar com seriedade e com com muita honestidade.  Tentar trabalhar da melhor maneira possível pra que a gente não deixe o Inhumas bater e voltar na primeira divisão.”

https://batershopp.com.br/

Ansiedade e expectativa dos torcedores

Sobre a torcida do clube, o presidente destacou a euforia daqueles que acompanham e torcem pela equipe, com o título e acesso conquistados. A festa realizada no último jogo do Inhumas foi destaque na entrevista, além da empolgação do torcedor para enfrentar os grandes times da elite goiana.

“Hoje o torcedor com certeza está empolgado, ansioso pra primeira divisão. Às vezes alguns fogem um pouquinho ‘ah não vamos pegar um time da capital’, nós queremos pegar uma equipe da capital! A gente quer trazer esses clubes grandes pra cá, pra poder reviver aquilo que a gente viveu lá na década de 90.”

Logo após, ao ser perguntado sobre a permanência do técnico Gilberto Pereira para a próxima temporada, o presidente mostrou incerteza. Deixou claro que é de interesse da equipe mantê-lo, mas que a decisão não depende apenas do clube. Ao ser campeão da competição, outros clubes mostraram interesse pelos atletas e técnico do Inhumas, mas Gilberto continua sendo prioridade da diretoria.

Adequações no Estádio Zico Brandão

Ao falar sobre o Estádio Zico Brandão, Paulo Roberto ressaltou que são necessárias algumas adequações para que continue a ser frequentado e comporte uma certa quantidade de torcedores, no mínimo 6 mil. Atualmente, o Estádio é administrado pela Liga Esportiva.

“A gente precisa urgentemente fazer algumas adequações aqui, pra que a gente chegue nesse número. Eu não sei eu acredito que não será preciso construir arquibancada. Às vezes pode ser somente com adequações. Porque hoje a questão segurança ela reduz muito o número de público do estádio.”

Por fim, o presidente do Inhumas destacou que acha inviável a construção de novas arquibancadas, pois está ‘em cima da hora’. Se forem feitas as adequações, a equipe poderá receber uma quantidade maior de torcedores e assim, a festa no Estádio será maior e muito mais movimentada.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast