Futebol pelo Brasil

Aos 79 anos, morre narrador esportivo Edson Rodrigues; relembre trajetória do ‘Monstro Sagrado’

Narrador estava com a saúde fragilizada desde o ano passada

Por: Danyela Freitas 26/01/2023 08:29

Na manhã desta quinta-feira (26), em Goiânia, aos 79 anos, faleceu Edson Rodrigues, um dos nomes mais emblemáticos da narração esportiva brasileira. O ‘Monstro Sagrado’, como era chamado, também fez história com o microfone das Feras do Esporte.

Em julho do ano passado, o narrador precisou passar por uma cirurgia de emergência após se sentir mal durante a transmissão do jogo entre Atlético-GO x Fortaleza, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Desde então, Edson Rodrigues estava com a saúde fragilizada. A causa da morte foi um câncer no pâncreas.

Carreira

A saber, Edson completaria 63 anos de narração esportiva no dia 11 de abril deste ano. Com isso, foram narrados mais de quatro mil jogos e mais de 14 mil gols. Em seu currículo, o Monstro Sagrado tem quatro coberturas de Copa do Mundo: no tricampeonato de 1970, depois em 1990, 1998 e, por fim, em 2014. Em 2012, em entrevista ao Diário do Norte, jornal de Porangatu, Edson Rodrigues falou da profissão. Além disso, respondeu sobre os gols mais bonitos que havia narrado. Na época, citou três marcantes:

“ Já narrei 14 mil gols em quatro mil jogos. Então, é muito difícil analisar qual foi o mais bonito. Mas o gol gostoso é aquele no final do jogo. O pior gol, para o narrador, é o do início da partida, porque você ainda está no aquecimento, você ainda está observando os jogadores, conhecendo a característica de cada jogador.

Eu, quando vou para o estádio, eu pego dois times desconhecidos, anoto a escalação e já decoro três minutos depois. Mas eu já narrei um gol do Rodrigo Tabata pelo Goiás contra o Atlético-MG, jogo duro, zero a zero, 47 minutos, e eu acompanhando e descrevendo o lance: o Goiás vai, vai queimar o seu último cartucho, o árbitro já olha para o seu cronômetro, mas no futebol tudo pode acontecer… E aconteceu o gol.

Foi um gol gostoso. Teve um gol do Túlio, um gol da classificação do Vila Nova, no final de jogo. Também um do Fernandão, de bicicleta, contra o Bahia. O gol mais gostoso é aquele no final da partida, principalmente quando é do time que você está torcendo.”

Início da carreira de Edson Rodrigues

Natural de Araguari, interior de Minas Gerais, o narrador começou sua trajetória na sua cidade natal. Sempre apaixonado pelo rádio, já sabia que era ali que faria história. Assim, começou narrando um jogo de handebol do qual sua irmã participava.

Em seguida, a primeira partida de futebol que Edson Rodrigues narrou foi entre Fluminense de Araguari e Ponte Preta, do dia 11 de abril de 1960. Dali em diante, para a alegria dos ouvintes, não parou mais. A crônica esportiva perde muito com o falecimento do Monstro Sagrado.

 

 

 

https://batershopp.com.br/

1 Comentário

  1. Thank you for your sharing. I am worried that I lack creative ideas. It is your article that makes me full of hope. Thank you. But, I have a question, can you help me? https://www.binance.com/id/register?ref=WTOZ531Y

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast