Vila Nova

Allan Aal avalia performance do Vila Nova contra o Bahia e celebra garantia de permanência: “Podemos sorrir, nada mais nos impede”

Técnico do Vila deu entrevista coletiva no pós-jogo contra o Bahia, pela 36ª rodada do Brasileirão

Por: Pedro Marinho 23/10/2022 12:18

Na noite de ontem, o Vila Nova empatou contra o Bahia na Arena Fonte Nova lotada. O resultado sela matematicamente a permanência do Tigre na Série B após uma grande campanha de returno. No pós-jogo, o técnico Allan Aal fez uma avaliação da partida e diz que a equipe goiana poderia ter conquistado mais. Além disso, celebrou o sentimento de ver o Colorado longe de qualquer chance de rebaixamento. Confira!

O placar de Vila Nova x Bahia ficou no 1 x 1. Quem saiu na frente foi o Vila, no início do segundo tempo, com o artilheiro do time no campeonato Neto Pessoa de cabeça. Alguns minutos depois, a equipe da casa conseguiu buscar o empate com Davó, através da bola aérea. Para Allan, o sentimento no vestiário foi de que, pelas chances criadas pelo Colorado, a partida poderia ter sido melhor aproveitada pela equipe.

“Eu acho que tomamos um gol que não costumamos tomar, de bola aérea. Suportamos bem a pressão, estava controlado até o 1 x 0. Depois é natural o adversário arriscar tudo pra fazer o segundo gol. Mesmo assim, tivemos oportunidades de contra-atacar e acabamos pecando em alguns momentos na tomada de decisão.” afirmou o treinador

No entanto, mesmo diante do empate, o comandante do Vila Nova celebrou o desempenho da equipe. Na ocasião, o Vila jogava fora de casa e a igualdade era favorável ao Tigrão para a campanha na Segunda Divisão.

“A gente fica muito feliz pelo desempenho. Jogar aqui na Fonte Nova contra o Bahia e contra 50 mil pessoas não é fácil. Matematicamente alcançamos nosso objetivo e seguimos em frente.” afirmou

Treinador do Vila Nova celebra a permanência

Por fim, o comandante do Tigrão relatou o sentimento de selar a surpreendente campanha da equipe na Série B. O técnico chegou ao time no primeiro turno, justamente contra o Bahia e desde então vinha trabalhando pela permanência. Vale lembrar que na primeira fase, o Vila marcou apenas 14 pontos na tabela e empatou com a pior campanha de sua história no turno do campeonato.

Diante da campanha de reviravolta, o treinador comentou: “O sentimento é de alegria, de emoção, hoje matematicamente confirmado, uma missão quase impossível. A gente lutando a cada dia, jogando cada jogo como se fosse o último das nossas vidas. Um desgaste emocional que não tem dimensão, a responsabilidade de todo jogo ser obrigado a ter um bom resultado. Então, a gente foi coroado, foi presenteado com uma bela atuação hoje em um jogo muito difícil. Eu resumo com a música de Jorge Aragão: ‘Podemos sorrir, nada mais nos impede’ “

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast