Atlético-GO

Adson Batista lamenta ‘uma das piores partidas da história do Atlético-GO’ e dispara: “4 x 0 foi pouco”

De toda forma, o presidente garantiu que confia muito na equipe

Por: Danyela Freitas 17/04/2022 22:16

Antes de mais nada, na noite deste domingo (17), pelo Brasileirão, o Bragantino goleou o Dragão. A partir disso, depois do duelo, Adson Batista, presidente do Atlético-GO, falou sobre a derrota, mas garantiu que confia no grupo atleticano. Por fim, o dirigente declarou que a equipe precisa do apoio do torcedor nesta quinta-feira (21) contra o Cuiabá em jogo pela Copa do Brasil. Confira com as Feras do Esporte!

“Foi um jogo para tirar conceitos e esquecer. Infelizmente, foi uma partida irreconhecível. A gente sente muito. O 4 x 0 foi até pouco, porque em momento nenhum conseguimos competir nem fazer um jogo no nível que o Atlético-GO tem condições de fazer. Todo mundo jogou mal, abaixo do que é possível contra uma equipe muito boa que é o Bragantino. No entanto, não deixarei de confiar no nosso grupo.

Um dia para esquecer. Em resumo, o time está desgastado fisicamente. Além disso, nesta quinta-feira (21) tem decisão contra o Cuiabá pela Copa do Brasil e precisamos do nosso torcedor. Nosso time vem de uma sequência muito boa e tem o seu valor. Contudo, infelizmente, contra o Bragantino, todo mundo jogou mal. Assim, os níveis de concentração e de competitividade foram muito ruins.”

Adson Batista analisa equipe e destaca confiança na equipe do Dragão

“Nossa bola parada defensiva está muito ruim. A ofensiva também. Dessa forma, precisamos consertar isso. Sempre quando tem uma bola parada, sofremos mais do que se fosse um pênalti. Em resumo, nesse jogo, os quatro gols que levamos foram de falhas. Por fim, temos que ter a capacidade de absorver isso pelo lado positivo, e não perder a confiança. O time tem o seu valor e jogou partidas num nível muito bom. […] Nossa saída de bola foi trágica. Em suma, entregamos um gol e, posteriormente, continuamos do mesmo jeito. Volto a dizer que confio no grupo e que foi um dia atípico.

https://batershopp.com.br/

[…] Foi uma das piores partidas que o Atlético-GO fez em sua história recente. Eu já estava preocupado com medo de tomar uma goleada histórica. Não conseguimos em momento nenhum competir. Todos entraram dispersos. Assim, pagamos um preço alto por isso. Todos foram culpados. Hoje tudo deu errado. Não podemos nos abater, mas temos que aprender para que isso não aconteça novamente.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast