Atlético-GO

Adson Batista diz que confia no elenco do Atlético-GO, mas garante: “ajustes vão acontecer”

Presidente citou ‘falta de personalidade’ do Dragão

Por: Danyela Freitas 19/02/2022 21:08

Antes de mais nada, neste sábado (19), dentro de casa, o Dragão foi derrotado pelo Vila Nova. Nada satisfeito com o desempenho de sua equipe, Adson Batista, presidente do Atlético-GO, falou sobre o duelo e analisou alguns jogadores. Confira com as Feras do Esporte!

“Alguns jogadores do nosso time estão bem abaixo do que realmente pode. A gente sabe. O time melhorou após as substituições. Em resumo, nosso 1º tempo foi bem ruim, muito abaixo. Temos que reconhecer isso e temos que saber perder. Além disso, teremos que avaliar muito coisa. Quero agradecer à torcida do Atlético, que empurrou o time o tempo inteiro. Única coisa nossa positiva aqui. Nós precisamos evoluir muito. A saber, o que mais me preocupa é que eu vejo alguns jogadores sem coragem. Nós, por sermos um time emergente, precisamos de ter muita coragem nos nossos desafios. Além disso, precisamos avaliar o adversário e fazer um jogo sabendo das fragilidades do rival. Temos que ter uma saída de bola mais rápida. Está muito lento.”

Adson Batista analisa desempenho de jogadores no clássico

“O Marlon, que faz nosso time jogar, não está passando por um bom momento. Vamos dar apoio a ele. Ele vai se recuperar, porque é um jogador que tem personalidade. A dupla de zaga está bem. Em suma, os gols que levamos foram por conta de erros de posicionamento. Por fim, nós temos que acelerar a questão do treinador, para trazer um algo mais. Eu vou ter que arriscar em algo mais, para que a gente tente trazer uma nova dinâmica. Eu confio no nosso elenco. Naturalmente, ajustes vão acontecer. Estamos com um problema de profundidade ofensiva, como centroavante de área.

Em resumo, o Dellatorre está com a mesma característica do Zé Roberto, saindo muito, parece estar um pouco sem confiança. Portanto, vamos ter que resgatar e, logicamente, buscar alternativas para melhorar os dois lados. O Airton entrou bem na estreia dele e, daqui a pouco, será uma alternativa boa. Em segundo lugar, Léo Pereira tem feito bons jogos, mas precisa ser mais objetivo quando chega ao fundo. Coisas ajustáveis. O que mais me preocupa é a falta de personalidade, porque o Atlético precisa jogar mais e saber se impor dentro de casa.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast