Atlético-GO

Adson Batista critica substituições e esquema tático de Eduardo Baptista e analisa derrota do Atlético-GO pelo Brasileirão: “Tudo errado”

Presidente do Dragão projetou também o próximo duelo contra o São Paulo nesta quinta-feira (8)

Por: Danyela Freitas 04/09/2022 20:58

Pela 25ª rodada do Brasileirão, neste domingo (4), o Dragão perdeu para o Atlético-MG em casa. Com isso, depois da partida, Adson Batista revelou que não gostou do esquema tático usado pelo técnico Eduardo Baptista. Além disso, o presidente do Atlético-GO também criticou as substituições feitas pelo treinador. Por fim, o comandante máximo do time goiano disse que a equipe não pode ‘entregar os pontos e jogar como rebaixados’. Confira tudo com as Feras do Esporte.

Adson Batista analisa partida contra Atlético-MG e faz críticas

Tudo errado. Não estamos tendo a mesma luz no Brasileirão como temos na Sul-Americana. Infelizmente, cada dia fica mais difícil. Portanto, tenho que reconhecer que nossa situação no Brasileiro está muito difícil. Sendo assim, o que pode salvar o ano do Atlético-GO é o título da Sul-Americana. Então, na quinta-feira (4), contra o São Paulo, espero que a gente consiga ter a luz necessária para se classificar.

Além disso, espero também que a gente chegue lá com coragem e que a gente tire os ensinamentos do jogo contra o Corinthians pela Copa do Brasil […] Dentro de casa, não dá para jogar com três volantes. Não podemos perder a nossa essência. Contra o Atlético-MG, fomos muito mal. Foram muito mal nas mexidas também. Depois das substituições, nosso time piorou. Para mim, a primeira substituição deveria ser tirar um volante e colocar um atacante de lado. Achei todo mundo passivo.

EURODIESEL NOTICIA

Até o Eduardo Baptista estava baqueado na área técnica, muito apático. Por isso, conversarei com todos. Temos que dar o algo mais no jogo contra o São Paulo pela Sul-Americana. […] Contra o Atlético-MG, nosso melhor jogador foi um zagueiro, o Klaus. Além dele, o Wanderson também fez uma boa partida. Ficamos desestabilizador depois do primeiro gol deles e não conseguimos em momento nenhum ser melhor.

Temos que reconhecer que o rival mereceu a vitória, porque não fomos competitivos em nenhum momento. 2 x 0 foi pouco O Atlético-GO caindo para a Série B ou não eu estarei à frente para recuperar o clube em qualquer situação. Inclusive, agradeço aos torcedores que vieram e que em nenhum momento atrapalhou o time. Aliás, o time em momento nenhum empolgou a torcida. Não podemos entregar os pontos e jogar como rebaixados faltando várias rodadas ainda.”

1 Comentário

  1. messias pantaneiro (balneário disse:

    Kd o centroavante, esse churim é muito riim,o schaylon entra dormindo, o Léo Pereira e Rui,tem que mexer no time,kd os novatos,Peglo, Ricardinho, Camutanga,toda bola encima do Wanderson é gol, será que ninguém tá vendo.vergonha

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast