Futebol pelo Brasil

Vila Nova

Última partida! Higo Magalhães avalia dificuldade do jogo contra ABC e comenta sobre a preparação do Vila Nova; confira detalhes

O Tigrão é o 4º colocado, com 61 pontos

Por: Renata Akutsu 25/11/2023 01:24

O Vila Nova chega à última rodada da Série B ocupando um lugar no G4. Caso conquiste uma vitória em cima do ABC, neste sábado (25), o Tigrão já garante o acesso, sem depender de outros resultados. Acerca do confronto, o técnico Higo Magalhães conversou com a imprensa. Portanto, confira todos os detalhes com as Feras do Esporte!

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Vila Nova <<<<<

A princípio, Higo Magalhães avaliou a dificuldade do jogo contra o ABC: 

“Na verdade é uma característica nossa, principalmente, entender essa reta final de competição, quem consegue, dentro da maior parte do jogo, essa manutenção de agressividade, de coragem, de jogar pra frente, de respeitar o adversário tentando chegar muito próximo daquilo que você tem de melhor, em termos de nível de performance, de nível de velocidade do jogo. E a gente, até então, tem conseguido demonstrar e jogar dessa forma.

É lógico que agora é o último jogo da competição. Vale muita coisa, principalmente falando do nosso lado aqui. Nós respeitamos muito o adversário. Até porque nós entendemos que o adversário merece o nosso respeito, pelo nível de competitividade que eles tiveram nesses últimos jogos. […] O que nos cabe, é tentar fazer o nosso melhor, para a gente ficar muito próximo daquilo que nós acreditamos.

Nós vamos tratar esse jogo, como o jogo da nossa vida. Ele tem uma representatividade muito forte, não só da continuação dentro do clube, mas do desenvolver daquilo que nós deslumbrávamos quando a gente tinha a primeira oportunidade nesse nível profissional. É um sonho, o que nós estamos tentando viver aqui. Mas ao mesmo tempo que a gente fala que tá próximo, tá longe. […] As mesmas chances que nós temos de ganhar o jogo, o adversário também tem. Antes do apito inicial, é 50% para cada lado.

[…] Eu vou para o quinto jogo. Desde o clássico, nós vivíamos sob pressão. O que valeria para nós seria três pontos. Não mudou nada até então. O que mudou é porque nós temos agora a última oportunidade, se concretizar isso, a gente alcança o que é tão sonhado”.

O técnico ainda comentou sobre a preparação para o confronto e sobre o elenco do Vila Nova: 

“Nós estamos preparados para tudo nesse jogo. Nada vai nos surpreender. Nós estamos preocupados com tudo. […] Esse grupo ele é muito maduro. Eles sabem, principalmente no contexto geral, a importância que é o jogo. […] Só que, nós não podemos ficar só na fala, e desde então, nós conseguimos. Com a confiança de todos. Com a humildade de todos. Entendendo o nosso processo. Entendendo o nosso caminhar, que foi com muito trabalho dentro do campo, com muita união, com muita humildade com muito respeito ao adversário. Mas com muita dedicação, com muito prazer naquilo que nós temos como oportunidade de executar.

Nós estamos numa caminhada, o que falta agora para nós, é passar o ponto final. […] E se a gente conseguir fazer isso, vai ser muito mérito, principalmente, desses atletas que merecem muito. Esse grupo de atletas merece muito. Merece muito por tudo que eles fizeram desde o início do campeonato. […] Mas eles entende que não conquistamos nada ainda. Da mesma forma que tá próximo, tá longe. […] Mas nós estamos tão focados e tão determinados em fazer as coisas acontecerem. […] É algo muito real e muito próximo, que pode ser concretizado nesse jogo”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast