Atlético-GO

Campeonato Goiano

Goiás

Saudade do VAR? Em clássico com polêmicas, Atlético-GO e Goiás empatam pelo Campeonato Goiano

Vinícius, do Esmeraldino, recebeu seu segundo cartão amarelo após falta polêmica e, no 1º tempo, a equipe da Serrinha pediu um pênalti em cima de Dieguinho. Do outro lado, no 2º tempo, o Dragão quis falta dentro da área após choque de Tadeu com Thayllon

Por: Danyela Freitas 21/01/2024 17:59

Pela 2ª rodada do Campeonato Goiano de 2024, Atlético-GO e Goiás se enfrentaram neste domingo (21). Em clássico movimentado no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia, diante de mais de 11 mil torcedores, as equipes não balançaram as redes e, com isso, a partida terminou em 0 x 0. Saiba todos os detalhes com as Feras do Esporte!

Assista aos melhores momentos de Atlético-GO x Goiás

1º tempo

O jogo começou acelerado, com o Esmeraldino levando perigo duas vezes. Logo aos 22 segundos, Wellington arriscou de longe, obrigando Ronaldo a fazer excelente defesa. Em seguida, ainda no primeiro minuto, Juninho bateu firme de fora da área e, mais uma vez, o goleiro rubro-negro espalmou. Em resposta, aos 13’, Shaylon cobrou falta, e Tadeu defendeu sem dificuldade.

No minuto seguinte, após jogada pelo lado esquerdo, Vágner Love recebeu na pequena área e finalizou de primeira, no entanto, mandou por cima do gol. Aos 22’, depois de cruzamento na área, mesmo a zaga esmeraldina fazendo o desvio, a bola sobrou para Shaylon, que chutou de primeira.

Entretanto, o camisa 23 do Goiás fez ótima defesa, evitando o primeiro gol do Atlético-GO. Aos 41’, o camisa 10 do Dragão bateu na entrada da área e mandou à direita de Tadeu, sem perigo. No último lance da etapa inicial, aos 49’, em falta batida, Juninho chutou por cima da meta. Com isso, as equipes foram para o intervalo com o placar de 0 x 0.

2º tempo

O técnico Zé Ricardo voltou do intervalo com duas alterações no Goiás: saíram Juninho (amarelado) e Allano para as entradas de Jhonny Lucas e Paulo Baya. Logo no início da segunda etapa, aos 2’, depois de falta sobre Alix, Vinícius recebeu o seu segundo cartão amarelo e, assim, foi expulso, deixando o Verdão com um jogador a menos em campo.

Vágner Love, aos 6’, arriscou de fora da área, a bola desviou e quase enganou o goleiro Tadeu. Posteriormente, Love, novamente, teve chance de inaugurar o marcador, porém, chutou fraquinho. Aos 23’, Paulo Baya cobrou falta, e a bola foi na rede pelo lado de fora, com muito perigo. Sillas, aos 29’, recebeu na área, dominou e bateu firma, mas Tadeu conseguiu desviar e, em seguida, a pelota explodiu na trave.

Quase o Dragão abriu o placar! Mais tarde, aos 47’, Alix ajeitou de cabeça para Luiz Fernando, que desviou, mandando rente à trave. Por fim, sem mais emoções, as equipes empataram em 0 x 0. Em resposta, Breno Herculano, aos 49’, antecipou-se a Ronaldo e cabeceou firme, quase fazendo colocando nas redes. Por fim, sem mais emoções, os times empataram em 0 x 0.

Agenda – Atlético-GO x Goiás

Na próxima rodada, as equipes voltam a campo na quarta-feira (24), às 19h30. Enquanto o Dragão visita a Aparecidense, o Esmeraldino recebe o Anápolis, no Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia.

4 Comentários

  1. Ademar Pereira do Nascimento disse:

    O jogo foi horrível! Contra o Morrinhos o Atlético já havia jogado males hoje repetiu a atuação ruim. Não gostei do jogo.

  2. Temp Mail disse:

    It was great seeing how much work you put into it. Even though the design is nice and the writing is stylish, you seem to be having trouble with it. I think you should really try sending the next article. I’ll definitely be back for more of the same if you protect this hike.

  3. Temp Mail disse:

    I loved even more than you will get done right here. The overall look is nice, and the writing is stylish, but there’s something off about the way you write that makes me think that you should be careful what you say next. I will definitely be back again and again if you protect this hike.

  4. Alex Carvalho disse:

    Comentarista agora, está falando do Goiás de maneira muito dolosa. O Goiás não tem seus diretores falando, e é verdade, mas estamos no início de trabalho deles e deste novo time do Goiás. Não precisa tomar “tanto partido” ao cobrar. O Goiás é o grande time e representante do estado pelos últimos 20 anos; graças a sua atitude de seriedade e boa administração. Portanto tenham consideração e não tomem lados ao cobrar. Devagar com o maior do Centro-Oeste, ele é que não deve nada a ninguém no estado!

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast