Futebol pelo Brasil

Morre Pelé, eterno ‘Rei do Futebol’, aos 82 anos

Pelé estava com câncer metastático e já não respondia aos tratamentos quimioterápicos

Por: Bruna Alves 29/12/2022 15:59

Morreu hoje, aos 82 anos, Edson Arantes do Nascimento, o eterno Rei do futebol, Pelé. A informação foi confirmada na tarde desta quinta-feira (29). Pelé estava com câncer metastático e não respondia aos tratamentos quimioterápicos. Ele deixa sua esposa, sete filhos e netos. Confira com as Feras do Esporte maiores detalhes da morte do eterno ídolo.

O ex-jogador de futebol, de 82 anos, estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein desde o dia 29 de novembro. O tratamento quimioterápico contra o câncer já não estava trazendo respostas ao seu organismo e estava em cuidados paliativos, usado para dar maior conforto ao paciente.

A princípio, o eterno Rei do futebol estava em tratamento desde setembro de 2021, quando passou por operação de um câncer no cólon. Pelé teve metástases no intestino, pulmão e fígado, diagnosticadas no início de 2022. De acordo com os médicos, o ex-jogador chegou ao hospital no fim do mês passado  para reavaliação do quadro, apresentando inchaço por todo corpo e infecção respiratória.

No último boletim, divulgado na tarde do dia 22 de dezembro, Pelé apresentava progressão da doença oncológica e requeria maiores cuidados com disfunções renais e cardíacas.

Resumo da história do eterno Rei Pelé

Nascido em Três Corações, Minas Gerais, foi destaque dos jogos nas ruas de Bauru, passando por algumas equipes amadoras durante sua infância, e aos 11 anos, o jogador Waldemar de Brito descobriu o jovem prodígio e o convidou para a equipe que estava formando: que se chamava Clube Atlético de Bauru.

Por outro lado, anos depois, em 1956, Waldemar levou Pelé para o Santos, onde fez sua primeira partida na equipe profissional, um mês após chegar ao time. Logo após, no ano seguinte, o jovem de 16 anos já era titular do Santos, sendo o artilheiro do Campeonato Paulista daquele ano, marcando 36 gols no total. Com isso, Pelé permaneceu no clube durante quase toda sua carreira, entre 1956 e 1974.

O fato é que Pelé fez história no clube paulista, conquistando 10 títulos estaduais, seis campeonatos nacionais (entre Taça Brasil e Torneio Robertão), duas Copas Libertadores da América e dois Mundiais de Clubes (1962 e 1963). Além disso, também no Santos, o jogador marcou o seu milésimo gol, no ano de 1969, em uma partida contra o Vasco, no Maracanã.

Assim, Pelé se despediu do Santos no ano de 1974, em jogo contra a Ponte Preta, na Vila Belmiro. O jogador iria para o New York Cosmos, clube estadunidense, onde permaneceu até a sua aposentadoria, que eventualmente, viria anos depois.

Histórico na Seleção Brasileira

Pelé foi convocado para a Seleção Brasileira pela primeira vez após 10 meses da contratação do Santos, para a Copa Roca, mais conhecida atualmente como ‘Superclássico das Américas’. No amistoso em questão, a Seleção Brasileira enfrentava a rival Seleção Argentina.

EURODIESEL NOTICIA

Apesar da primeira partida ter sido vencida pela Argentina por 2 a 1, Pelé marcou o gol do Brasil, carimbando a sua estreia. Na partida de volta, o time Brazuca venceu por 2 a 0, e claro, com um gol do eterno Rei. Dessa forma, Pelé conseguiu seu primeiro título atuando pela Seleção Brasileira.

Logo no ano de 1958, Pelé foi campeão da Copa do Mundo, se tornando o jogador mais novo a vencer o torneio, com apenas 17 anos. Assim também, em sua primeira Copa, Pelé foi artilheiro da Seleção Brasileira, com seis gols no total. Com o fato, o jovem jogador já era chamado de ‘O Rei do Futebol‘.

O ex-jogador defendeu as cores da Seleção até 1971, e tornou-se o único jogador da história a ser tricampeão mundial (em 1958, 1962 e 1970). Do mesmo modo, com 95 gols usando a amarelinha, ainda é o maior artilheiro da seleção masculina, sendo 77 gols apenas em partidas oficiais. Por fim, Pelé participou de 1.116 jogos e marcou 1.091 gols em toda sua carreira e despediu-se dos gramados em 1977.

Em conclusão, no dia 23 de outubro de 2020, ao completar 80 anos de idade, Pelé declarou:

“Agradeço a todos os que me mandaram cumprimentos. Agradeço a Deus pela saúde de chegar aqui lúcido. Em todos os lugares do mundo em que chego sou bem recebido, as portas sempre estão abertas no mundo todo. Espero que, quando chegar ao céu, Deus me receba da mesma maneira que todos me recebem hoje graças ao nosso querido futebol”.

2 Comentários

  1. I was wondering if you ever considered changing the structure of your
    site? Its very well written; I love what youve
    got to say. But maybe you could a little more in the way of content so people could connect with it better.
    Youve got an awful lot of text for only having one or 2 images.
    Maybe you could space it out better?

  2. I don’t think the title of your article matches the content lol. Just kidding, mainly because I had some doubts after reading the article. https://accounts.binance.com/cs/register-person?ref=GJY4VW8W

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast