Vila Nova

Leandro Bittar avalia mudança de postura do Vila Nova para se afastar do Z-4; confira detalhes da entrevista exclusiva

O vice-presidente do colorado, em entrevista ao Golaço BandNews, falou sobre a ascensão do Vila no 2° turno da Série B

Por: Pedro Marinho 21/10/2022 20:27

O Vice-Presidente do Vila Nova, Leandro Bittar, concedeu recentemente uma entrevista exclusiva para o Golaço Band News e ressaltou a boa fase do Tigrão. Assim, na conversa, o dirigente avaliou a “virada de chave” para a atual ascensão do Vila fugindo da zona de rebaixamento. Confira a entrevista com Thiago Menezes, Ney Ladeira e Nivaldo Carvalho.

Primeiro turno caótico

Números preocupantes estampam a realidade do Vila Nova na primeira etapa da segunda divisão. Em 19 jogos, apenas 1 vitória. Além disso, 11 empates e 7 derrotas. Com 14 pontos conquistados, o Tigrão vivia seu pior 1° turno na Série B. Campanha igualada à de 2014, em que também fechou a primeira parte com a mesma pontuação.

Na ocasião, o time passava por três mudanças de técnico, desfalques de jogadores e diversas tentativas de organizar taticamente o elenco. No entanto, com um desempenho no segundo turno mais estabilizado, a equipe vem se afastando cada vez mais da zona da degola. Se manter na Série B é missão para o Time do Povo. Na última rodada, o Vila Nova conseguiu vencer o Cruzeiro, líder da tabela e já campeão da Série B. Vitória importante que reforça a ascensão do Colorado.

Segundo turno consistente; análise de Leandro Bittar

Acerca deste melhoramento do Tigrão, o Vice-Presidente Leandro Bittar atribui a vantagem ao trabalho coletivo tanto da diretoria, da comissão técnica, quanto do elenco do clube, em entrevista concedida ao Golaço BandNews. A chegada de nomes fortes ao Vila, o encaixe ideal das peças no comando de Allan Aal e até o apoio da torcida foram primordiais para a “virada de chave” da equipe:

 

“A grande virada foi a gente, na janela (de transferências) ter trazido mais peças, mais opções pro nosso técnico. Ele conseguiu ter mais alternativas, jogadores com características que a gente imaginava que tínhamos no elenco e acabamos sofrendo com a ausência de alguns, com lesões (principalmente a do Victor, que vinha sendo um dos destaques) e ali nosso time sucumbiu e foi perdendo a confiança, Então, quando a gente teve na janela a oportunidade de trazer Souza, Cabral, Dentinho, Neto, que foram jogadores que trouxeram pro ambiente do Vila uma atmosfera diferente, sem aquela carga que os outros carregaram do primeiro turno”.

 

Bittar também comentou sobre a atual boa fase do Vila, frisando a determinação do clube colorado: “As nossas vitórias não têm sido fáceis, tem sido na base da superação, da vontade e da garra. Então, acho que essa mudança de postura é o que fez com que a gente pudesse na virada do turno, abertura da janela, ter peças com essas características”.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast