Goiás

Exclusivo! Presidente do Goiás comemora sucesso na tecnologia de reconhecimento facial e desabafa sobre desconfiança da CBF e STJD: “disseram que o sistema não funcionaria”

Veja a entrevista exclusiva na íntegra!

Por: Danyela Freitas 31/10/2022 12:56

Abrindo a semana, Paulo Rogério Pinheiro concedeu entrevista exclusiva à equipe das Feras do Esporte, da BandNews Goiânia, nesta segunda (31). Assim, o presidente do Goiás exaltou a tecnologia inovadora de reconhecimento facial presente nas catracas do Estádio Hailé Pinheiro, e elogiou Lucca Pinheiro, filho do presidente e criador do sistema.

“ Uma segunda-feira nublada em Goiânia, mas de muita felicidade por estar plantando uma sementinha no futebol brasileiro. Fico honrado como pai de ter um filho de 20 anos tão dedicado e que abriu mão de tudo para estar ao meu lado me auxiliando. Tenho experiência. Com a minha antiga empresa, fiz mais de 6 mil jogos. Acho também que meu pai, Hailé Pinheiro, também está orgulho do neto. Em resumo, quero deixar claro que não somos os primeiros.

Athletico-PR, Grêmio e Internacional possuem reconhecimento facial há algum tempo, mas para segmentos da torcida. O Goiás, por sua vez, vem utilizado o reconhecimento facial desde o ano passado para impedir apenas aquelas pessoas que não podem estar no estádio entrarem. No entanto, fizemos algo de diferente. Inclusive, nem o STJD nem a CBF estavam acreditando que funcionaria.

Com isso, eles disseram que tinham certeza de que o sistema não funcionaria e que geraria tumulto. O André Pitta, presidente da FGF, colocou a cara a tapa e garantiu que funcionaria. Ele confiou em mim. Em suma, fizemos um complexo de segurança para o estádio. Dessa forma, a catraca com reconhecimento facial se tornou apenas mais um meio. Compramos equipamentos da Intelbras de primeira geração.

Assim, adquirimos a Speed Dome, câmera com 360° e com zoom que chega a 1 km de distância. A gente consegue capturar até a espinha no rosto da pessoa. Além disso, temos câmeras de altíssima definição no capacete dos seguranças, com monitoramento em tempo real.

Portanto, decidimos agora que todo mundo deve passar pelo reconhecer facial. A partir disso, vamos acabar com os cambistas. Daqui para frente, todos os ingressos em jogos do Goiás como mandante serão nominais e intransferíveis.

Não terão mais cambistas com ingressos do Goiás. Isso nunca havia sido feito no futebol. O Dr. Saad, inclusive, disse que seria uma utopia acreditar nessa tecnologia. Entretanto, nós mostramos que é muito fácil de fazer. Eles ficaram dentro da sala de comando vendo os torcedores entrarem. Colocamos um torcedor a cada 1,5 segundo e com duas validações.

EURODIESEL NOTICIA

Para mim, o futuro é não ter mais o ingresso físico, mas sim chegar ao estádio e colocar o rosto na catraca. Pronto! Quisemos provar que o sistema é rápido e seguro. A saber, tivemos 7.508 validações e somente cinco intercorrências. Dessas, três foram por fotos tiradas da forma incorreta na hora do cadastro e, as outras duas, ocorreram porque o torcedor não quis fazer a foto antecipadamente”, explicou o presidente do Goiás.

1 Comentário

  1. Eloi disse:

    O Goiás tem de pensar em fazer bons times nós torcendo não quer saber disso queremos time e jogar onde comporta os torcedores só os dirigentes do Goiás não percebeu que o Goiás tem torcida pra encher o serra dourada

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast