Vila Nova

Em partida acirrada no Serra Dourada contra o Paysandu, Vila Nova acaba derrotado nos pênaltis e perde título da Copa Verde

Após segurar o título até o penúltimo minuto da partida, Vila Nova acaba vendo a taça da Copa Verde ser conquistada pelo Paysandu nos pênaltis.

Por: Pedro Marinho 19/11/2022 21:33

Em finalíssima da Copa Verde, na noite deste sábado (19), o Estádio Serra Dourada foi palco da derrota do Vila Nova contra o Paysandu, após tensa disputa de pênaltis. A equipe colorada vinha ganhando até o penúltimo minuto dos acréscimos, quando o Papão conseguiu o empate e levou o jogo às penalidades máximas. A partida foi marcada pela reviravolta do alviceleste e a indignação do Tigre, que estava a um minuto de levantar a taça da Copa Verde pela primeira vez em sua história! 

 

1° tempo de Vila Nova x Paysandu

 

O jogo começou com domínio do Paysandu, assim como no de ida da final, no Curuzu. Já nos primeiros minutos da partida, Thiago Ennes levou perigo ao gol de Tony com duas finalizações. Aos 10 minutos, o zagueiro Lucas Costa recebeu cartão amarelo após contato faltoso com Diego Tavares, que tentava alcançar o gol do Papão. O time alviceleste se mantesse mais ofensivo que o Tigre, com posse de bola relativamente maior que o colorado. O Vila Nova teve dificuldades para encaixar as jogadas nestes primeiros minutos, com algumas faltas, porém, sem chances a gol. 

Foi a partir dos 20 minutos que o colorado começou a crescer no jogo. Aos 21′ Sousa arriscou chute na área do Paysandu, mas bateu sem ângulo e muito forte, e a bola passou por cima do travessão.Após isso, aos 24′, mais uma tentativa de perigo: Matheuzinho, em cobrança de falta, chutou forte e Neto Pessoa conseguiu alcançá-la de cabeça, mas cabecceou desviado, longe de balançar as redes.

Aos 25′, o Vila Nova tomou as rédeas da partida e abriu o placar: em contra-ataque, Neto Pessoa recebe e tenta finalização, mas o goleiro Thiago Coelho intercepta e, no rebote, Matheuzinho mete no ângulo para o delírio da torcida. 1 a 0 para o Tigre.

Depois deste gol, o jogo se manteve equilibrado. Aos 35′, o Papão tentou regiu com chute de José Aldo na mira do gol após rebote do goleiro Tony, mas a bola não entrou. Aos 38′, o Colorado voltou a levar perigo à meta alviceleste com a chegada de Diego Tavares, que recebeu um bom passe e pegou cruzado direto ao gol de Thiago coelho, mas sem anotar o segundo. No final da primeira etapa, o Colorado arriscou mais uma vez com chute de longe de Matheuzinho, autor do primeiro gol.

 

2° tempo

O Vila Nova começou melhor nesta segunda etapa, em comparação da primeira, com mais posse de bola e jogadas arriscadas. Aos 5′, o jogador do Paysandu, Danrlei, foi advertido com cartão amarelo, após um desentendido entre atletas de ambas as equipes. Aos 6′, Diego Tavares chutou com força rumo à meta do Paysandu, mas a bola bateu na trave. Mais uma vez, aos 8′, Diego Tavares lançou pela direita uma boa bola para Neto Pessoa, que bateu direto no poste do Papão.

No minuto 15, desta segunda etapa, o Paysandu ainda tentou o empate, mas o goleiro Tony foi superior. Nos minutos 12 e 22, Gabriel Davis e José Aldo receberam cartões amarelos em lances que expressavam o desespero do time paraense em tentar o empate nesta disputa de final.

Em cobrança de falta, aos 29′, Matheuzinho bateu de baixo, mas não tem chances contra a defesa do goleiro Thiago Coelho. O Paysandu ainda tentou pressionar a equipe da casa, mas não conseguiu levar a bola em perigo na área vilanovense. Assim, na defensiva, o Papão construiu um jogo mais recuado, por meio da força e organização do esquema da defensa, tanto que, aos 38′, houvera três belas defesas seguidas do goleiro Thiago Coelho após chuva de rebotes com finalizações de Wagner e Matheus Souza. 

Na reta final da partida, o Paysandu equilibrou a decisão se lançando mais ao ataque, até que em uma cobrança de falta, no penúltimo minuto dos acréscimos, aos 49′, João Vieira mandou a pelota para dentro do gol de Tony, deixando tensa a torcida colorada em pleno Serra Dourada. Portanto, o jogo no tempo regulamentar ficou no 1 a 1.

 

EURODIESEL NOTICIA

A decisão foi para os penáltis!

Na disputa de pênaltis, o Paysandu levou a melhor, com um placar de 4 a 3. Os gols do Vila Nova foram marcados por Wagner, Alex Silva e Rafael Donato. Já os dois perdidos foram os de Sousa e Diego Tavares. Já pela equipe do Paysandu, Gabriel Davis foi o único a desperdiçar uma batida. O último gol, que sagrou o alviceleste como tricampeão do torneio, foi de Patrick Brey. Marlon, Ricardinho e João Vieira também converteram suas cobranças em gol.

 

 

 

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast