Vila Nova

Em jogo sem público, Vila Nova e Brasiliense empatam por 1 a 1 no Serejão, em Brasília

Times empatam e vão decidir as semifinais no jogo de volta, no OBA, este sábado (12).

Por: Pedro Marinho 09/11/2022 22:00

Pelas quartas de final da Copa Verde, na noite desta quarta-feira (09), o Vila Nova visitou o Brasiliense. Assim, no Estádio Serejão, em Taguatinga, Brasília as equipes empataram por 1 x 1. Os gols foram anotados por Sousa, do Tigre e Luquinhas, do Jacaré. Confira tudo sobre o jogo com as Feras do Esporte!

1° tempo de Brasiliense x Vila Nova

A primeira chegada foi do Vila Nova, já com 1 minuto de jogo. Wagner tenta a finalização de longe e o goleiro do Jacaré faz a defesa. Aos 6′, o Brasiliense cria grande chance em cruzamento de Aloísio, mas Hernane Brocador não consegue chegar na bola. Depois, aos 10 minutos, Matheuzinho arrisca também de fora da área mas a bola explode na zaga.

O jogo seguiu cadenciado e com poucas chances claras. Aos 20′, Kaio Nunes tenta jogada individual pela ponta esquerda, mas acaba perdendo a bola para a defesa do Jacaré. Com 25′ no relógio, Rafael Donato comete falta no campo de ataque do Brasiliense. Na cobrança, Tarta cobra para o Jacaré e manda no ângulo, o goleiro Tony se estica e faz uma grande defesa pra salvar o Vila.

Na sobra da falta, aos 26′, Aloísio bate de longe e a bola bate no travessão com muito perigo para o Tigre. Grande pressão do time da casa nesse momento de jogo. Aos 35 minutos, Zotti faz boa jogada no campo de ataque para o Jacaré, na finalização, a bola desvia e vai pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, aos 36′, Gustavo Henrique sobe mais que a defesa e cabeceia, mas a bola vai pra fora.

Por fim, o Vila Nova tentou reagir e lidar com a pressão nos momentos finais da primeira etapa. Aos 40′, Kaio Nunes tenta boa jogada pela esquerda, mas o árbitro marca impedimento. Já no final, aos 46′, Matheuzinho é quem tentou chegar na meta do Jacaré em jogada individual, mas Railon faz o corte.

 

2° tempo

O Segundo tempo começou movimentado no Estádio Serejão. Com 1 minuto no relógio, a bola veio pra área do time da casa e Donato subiu e cabeceou forte. O goleiro Sucuri aparece muito bem pra fazer grande defesa e evitar o primeiro gol da partida. No entanto, na sequência, aos 3′, veio cobrança de falta e Donato sobe novamente pra cabecear e Sucuri espalma novamente. No rebote, Sousa empurra a bola pra rede do Jacaré. 1 a 0 no placar.

Contudo, a reação veio rápida pelo time da casa. Aos 6 minutos, Bocão cruza pra área colorada e Luquinhas cabeceia sem chance para o goleiro Tony. Tudo igual novamente, 1 a 1 em Taguatinga. Depois, aos 15 minutos, em cobrança de escanteio, o Brasiliense faz jogada ensaiada com Gustavo Henrique, que ajeita pra Aldo. A bola vai muito forte e passa por cima do gol.

Na sequência, aos 17 minutos, Kaio Nunes recebe enfiada de bola e fica sozinho cara a cara com o goleiro. No entanto, o atacante acaba ficando sem fôlego e não consegue finalizar bem, mandando chute muito fraco nas mãos de Sucuri. Aos 26′, falha no ataque vilanovense. Diego Tavares puxa o contra-ataque e faz cruzamento perigoso pra área, mas Matheuzinho e Kaio Nunes se atrapalham, se ‘trombam’ e não conseguem finalizar.

Na marca de 38 minutos, o Brasiliense chega com Tarta que levanta pra área visitante. Diogo Sodré tenta a finalização, mas sai muito fraca pelo lado do gol de Tony. Aos 46, Marlone cruza a bola pra área do Jacaré de falta e Sucuri sai pra afastar a bola. Sem mais grandes emoções no fim de jogo. Apita o árbitro. 1 a 1 no Estádio Boca do Jacaré.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast