Vila Nova

Dado Cavalcanti comenta sobre perspectivas de assumir o Vila Nova: “Fazer mudanças”

Confira os detalhes da coletiva!

Por: Matheus Carvalho 16/05/2022 19:26

Anunciado no último domingo (15), Dado Cavalcanti foi apresentado pelo Vila Nova na tarde desta segunda-feira (16). Assim sendo, o técnico projetou os desafios e as suas expectativas para comandar o Tigre na temporada. Confira os detalhes com as Feras do Esporte!

Eu sempre visualizei no Vila Nova com brilho um pouquinho especial pela questão técnica, do elenco que foi montado e tem jogadores muito técnicos, né? Que joga bastante, tem experiência, bastantes rodados e bem maduros. Isso numa competição de 38 rodadas, muitas das vezes influencia diretamente uma condição de gerenciamento de crises, numa condição de mudanças pontuais e em condições do dia a dia. Do mesmo modo, de ajuste, de vestiário mas, principalmente, a questão técnica dos jogadores, que hoje fazem parte do Vila Nova”, comentou. 

Dado Cavalcanti fala sobre perspectivas e metodologia

As perspectivas de fazer mudanças, ajustes e correções de rota só para julho. Hoje, eu visualizo com bons olhos dentro das características que temos aqui com a experiência e juventude de alguns jogadores de força e outros de velocidade. Assim, tentar achar um mecanismo rápido e fazer a equipe do Vila mais competitiva. De fazer com que o clube consiga os resultados que conseguiu já em outro momento durante a temporada, principalmente, no final do ano passado naquela arrancada com o Higo na reta final da Série B. Então, esse é o meu propósito dentro do trabalho, dentro do elenco que eu visualizo com boas qualidades e com uma variedade bacana. Assim, de alguns jogadores que alguns eu já conheço e outros já enfrentei muitas vezes“, disse o novo treinador do Tigre

Ainda assim, Dado Cavalcanti comentou sobre como deseja impor sua metodologia. Assim sendo, o treinador destacou a importância de trabalhar mais as jogadas e falou sobre a sua essência:

https://batershopp.com.br/

A essência do futebol é jogar. O amante do jogo do futebol sempre entendeu que o jogo tem que ser jogado. Eu, quando era criança, nas brincadeiras, gostava de ser o jogador que ficava com a bola sem deixar o adversário ter a posse de bola. Não gostava de ser aquele jogador que ficava correndo atrás. Todo profissional se apaixona pelo jogo por exercer esse gesto de tratar bem a bola. Trago essa ideia central, a equipe que joga melhor sempre vai estar mais perto de vencer do que quem joga mal”, destacou Dado. 

Hugo Bravo fala sobre a chegada de Dado Cavalcanti 

Do mesmo modo, o presidente do Vila Nova, Hugo Jorge Bravo, comentou sobre a contratação de Dado Cavalcanti e a saída de Higo Magalhães

“Acho que chegou-se no momento da mudança algo que a gente não acha bom, mas algo também natural do futebol. A política nossa do clube não só minha como também do Frontino, é de darmos longevidade e continuidade ao trabalho seja de jogadores e treinadores. Inclusive hoje,  eu vi uma matéria no qual falava ali dos clubes da Série A, B e C com treinadores com a maior longevidade. E o Higo era o décimo treinador. Então, eu só tenho gratidão pelo que o Higo, Rafael Toledo e Leonardo fizeram aqui por nós nesse período, mas chegou num ponto onde entendíamos que era necessária a mudança e assim foi feito.

Como o futebol exige também velocidade, essas mudanças levam a gente ao proceder a tomada de decisão e mudar. De pronto, fomos ao mercado buscar o substituto e aí, onde a gente chegou o nome de que sempre foi algo muito bem visto por nós, que é o nome do Dado. Nós temos a convicção de que que vai trazer um conceito diferente, não tô falando melhor e nem pior, mas algo que o momento exige algo diferente, um discurso diferente para a gente voltar um bom ritmo dentro da competição”, comentou.  

Agenda do Vila Nova 

Pela Série B, o Vila Nova recebe a Chapecoense na quinta-feira, às 19h (horário de Brasília). Após isso, o Tigre enfrenta o Grêmio, no Serra Dourada. A saber, em junho, visita o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro, às 21h30 (horário de Brasília). Na sequência, o Tigrão enfrenta o Brusque, CRB, Operário, Criciúma e Ponte Preta.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast