Atlético-GO

Futebol pelo Brasil

Goiás

Vila Nova

CBF anuncia nova premiação da Copa do Brasil, e clubes goianos são separados em grupos; final tem aumento de R$10 milhões

Competição tem início no dia 22 de fevereiro

Por: Lara Fabian 01/02/2023 13:07

Nesta terça-feira (31), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) enviou um ofício aos clubes informando os novos valores da premiação por fases do campeonato. A saber, de acordo com o avanço dos times na Copa do Brasil, o valor é aumentado. Assim, a equipe campeã poderá receber até R$91,8 milhões caso conquiste todas as etapas.

Além disso, dessa vez a divisão dos valores é feita por grupos. Dessa forma, como no ofício, os valores da premiação são organizados em Série A (grupo I), Série B (grupo II) e Séries C e demais (grupo III).

EURODIESEL NOTICIA

Por fase, a organização ficou da seguinte forma:

  • 1ª fase: R$1,4 milhão, R$1,25 milhão, R$750 mil; grupos I, II e III, respectivamente.
  • 2ª fase: R$1,7 milhão, R$1,4 milhão, R$900 mil; grupos I, II e III.
  • 3ª fase: R$2,1 milhões, R$2,1 milhões, R$2,1 milhões; grupos I, II e III.
  • Oitavas de final: R$3,3 milhões
  • Quartas de final: R$4,3 milhões
  • Semifinal: R$9 milhões
  • Vice-campeão: R$30 milhões
  • Campeão: R$70 milhões

Foto: Reprodução/CBF

Divisão por grupos nas fases da Copa do Brasil e clubes goianos

A nova organização vale pelas primeiras duas fases. Dessa forma, sem influência do Ranking Nacional de Clubes, será considerada a Série do time no Brasileiro da temporada. Assim, pensando no futebol goiano, o Goiás é a equipe com maior vantagem inicial na premiação da Copa do Brasil. Pela Série A, o Esmeraldino inicia o campeonato com R$1,4 milhão, no grupo I. Por outro lado, Atlético-GO e Vila Nova começam com R$1,25 milhão, no grupo II.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast