Goiás

Reviravolta! Goiás joga mal; sai atrás no placar e quase vira o jogo diante da Ponte Preta

Final de jogo na Serrinha foi eletrizante

Por: Ana Lívia Luis Dias 02/11/2021 23:27

O Goiás entrou em campo na Serrinha no primeiro jogo após a demissão do técnico Marcelo Cabo, precisando vencer para não correr o risco de sair do G4. O adversário da noite, a Ponte Preta na 15ª colocação da competição, foi para o gramado lutando para não se aproximar ainda mais da zona de rebaixamento. O time esmeraldino foi recepcionado com uma linda festa da torcida. O jogo preparou muitas surpresas e emoções para o torcedor que quase viu o Goiás perder em casa.

Primeiro tempo:

Decepcionando todas as expectativas do torcedor o Goiás não começou nada bem no duelo, já o rival aproveitou para marcar os donos da casa e aproveitar os espaços para tentar chegar ao gol. O time de Galuber Ramos foi pouco criativo teve raras oportunidades, a primeira aos 19, na qual o atacante Welliton perdeu grande chance de balançar as redes, ele recebeu dentro da área fez o giro, mas chutou em cima do goleiro Ivan. Já a macaca tomou as rédeas do jogo e aos 29 minutos fez valer a lei do ex com o zagueiro Fábio Sanches, em cobrança de escanteio ele se antecipou e chutou no ângulo esquerdo, sem chances para a defesa do goleiro Tadeu. Aos 42, em cobrança de escanteio feita pelo meia Elvis, a bola desviou na primeira trave e obrigou o goleiro da Ponte a fazer uma bela defesa. O jogo que estava ruim para os donos da casa ficou ainda pior aos 45, o meia Léo Naldi recebeu de Marcos Júnior e de fora da área fez o segundo gol da macaca. O primeiro tempo terminou ao som de vais do torcedor esmeraldino.

Segundo tempo:

O Goiás voltou com duas alterações, no lugar de Luan Dias entrou o atacante Alef Manga, o volante Rezende deu lugar para Fellipe Bastos. Logo no primeiro minuto Léo Naldi tentou balançar as redes novamente, mas finalizou mal. Na sequência Alef Manga caiu na área em dividida com Felipe Albuquerque, os jogadores esmeraldinos pediram pênalti, o VAR analisou o lance e mandou seguir o jogo. O Goiás continuou tecnicamente desorganizado e com pouca criatividade. Aos 15, Welliton invadiu a área e soltou uma bomba para a defesa do goleiro da macaca. Aos 18 o lateral Apodi foi substituído por Dadá Belmonte, que aos 26 diminuiu para o Goiás, após cobrança de escanteio Nicolas desviou na primeira trave e o meia esmeraldino mandou de cabeça para as redes. E quando tudo parecia perdido, aos 45 o atacante Alef Manga, ganhou da defesa e deixou tudo igual na Serrinha. O Goiás ainda foi atrás da virada e quase conseguiu aos 48 com Fellipe Bastos que soltou uma bomba, mas a bola esbarrou em Bruno Mezenga. Com um final emocionante o jogo terminou empatado, Goiás 2 x 2 Ponte Preta.

O próximo jogo do Goiás será contra o Operário no próximo sábado (6), fora de casa ás 19:00 horas em jogo válido pela 34ª rodada da Série B. Faltando apenas cinco jogos para o fim da competição, os próximos confrontos do time esmeraldino, além do Operário, são: Coritiba, Remo, Guarani e Brusque.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast