Atlético-GO

Futebol pelo Brasil

Procurado pelo Cruzeiro, Shaylon se mantém focado e abre o jogo sobre seu futuro no Atlético-GO: “eu desejo ficar, sou muito feliz aqui”

Meia aproveitou a oportunidade e projetou o difícil duelo desta noite contra o Mirassol

Por: Júlia Laiany 19/07/2023 08:55

Voltando a balançar as redes e apresentar uma boa performance diante do Sport, Shaylon mantém seu foco no Dragão. A saber, o meia foi procurado recentemente pelo Cruzeiro, que possui o interesse na chegada do jogador para suprir a posição de Matheus Pereira, de saída do clube. Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (18), o entanto, o camisa 10 rubro-negro expressou satisfação em defender as cores do time goiano.

Além disso, Shaylon também foi questionado sobre o retorno de Gabriel Baralhas, que volta a integrar o elenco após breve passagem pelo Internacional. Por fim, o atleta projetou o confronto desta noite contra o Mirassol. Para ele, a equipe deverá adotar um ritmo intenso e firme, para que consiga somar mais três pontos no campeonato. O confronto acontece logo mais, às 19h (horário de Brasília), no Antônio Accioly.

>>> Entre no nosso grupo de WhatApp e saiba tudo sobre o Dragão <<<

Shaylon celebra retorno de Baralhas e fala sobre seu futuro no Atlético-GO

O Baralhas é um grande jogador, todo mundo já conhece. Ele tem uma história bonita aqui e com certeza vai somar e agregar bastante ao elenco. Já a minha permanência depende da diretoria, eles quem decidem. Então, eu estou bem tranquilo e focado aqui. Aconteça o que acontecer, meu foco agora é aqui e não tem que pensar lá na frente.

Assim, eu estou muito feliz aqui desde que cheguei. É uma cidade que eu gosto e um clube que eu gosto também, tem uma estrutura boa e muitas pessoas do bem aqui no Atlético-GO. Portanto, eu estou muito feliz e muito ambientado. Claro que eu desejo ficar, sou muito feliz aqui […].

https://batershopp.com.br/

Time deverá adotar postura forte contra Mirassol

Precisamos fazer uma partida consistente, como foi contra o Sport, controlar e mandar no jogo dentro da nossa casa. Além disso, ficar com a bola, ter nossas oportunidades e matar o jogo. No duelo anterior, fizemos um 1° tempo muito forte, que deu até para controlar um pouco mais no 2° tempo e segurar o resultado. Então, eu acho que temos que ter esse ritmo o tempo todo jogando em casa e buscar o resultado o tempo todo. Sabemos que estávamos devendo um pouquinho e agora é hora de embalar mesmo e buscar o pessoal lá de cima.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast