Goiás

Goiás reage no 2º tempo e consegue empate com Brusque na festa do acesso

Confira os melhores momentos do duelo!

Por: Danyela Freitas 28/11/2021 18:13

Pela última rodada da Série B de 2021, na tarde deste domingo (28), o Goiás, já com o acesso garantido, recebeu o Brusque no Estádio da Serrinha, em Goiânia. A partir disso, as equipes empataram em 2 x 2. Portanto, os gols do Quadricolor foram de Edu e Hugo Borges. Enquanto isso, Elvis e Apodi marcaram para o Esmeraldino. Com o resultado, os goianos encerraram o torneio na vice-liderança, com 65 pontos.

1º tempo: Goiás tem mais posse de bola, mas Brusque abre o placar

Antes de mais nada, o jogo começou com poucas oportunidades ofensivas. Com isso, houve muita troca de passes no meio-campo. A saber, a primeira chance foi do Brusque, aos 6’. Depois de cruzamento da direita, Edu cabeceou para fora. Aos 22’, Alef Manga arriscou, mas Ruan Carneiro defendeu. 

Posteriormente, após cobrança de escanteio, Ianson subiu livre, mas a bola bateu na trave. No entanto, no rebote, Edu, de bico, mandou para o fundo do gol, abrindo o placar na Serrinha. Tentando o empate, Elvis finalizou colocado com perigo. Em seguida, pela equipe da casa, Artur e Rezende tentaram, mas não tiveram sucesso nos arremates. Por fim, mesmo jogando melhor, o Goiás foi para os vestiários em desvantagem: 1 x 0 para os catarinenses.

2º tempo: Esmeraldino reage e consegue empate

Logo antes de completar o primeiro minuto, Alef Manga cruzou para Dadá Belmonte, mas a zaga do Quadricolor cortou. Na sequência, aos 2’, Hugo Borges apareceu livre na área esmeraldina e, de cabeça, marcou o segundo do Brusque. Sendo assim, tentando diminuir a vantagem do adversário, o Goiás se lançou mais ao ataque. Contudo, o goleiro Ruan Carneio fez duas ótimas defesas em chutes de Manga e, depois, de Luan Dias.

Portanto, aos 20’, Elvis aproveitou sobra de bola e mandou para o fundo das redes, marcando o primeiro do Esmeraldino. Em contrapartida, o Brusque quase ampliou após Hugo Borges receber sozinho na pequena área. Entretanto, o jogador mandou para fora. Em resposta, Fellipe Bastos arriscou de longe e levou perigo ao arqueiro visitante, aos 27’.

No futebol, quem não faz, leva. Aos 34’, o Goiás empatou. Assim, Dadá Belmonte limpou e bateu, mas o goleiro defendeu. Contudo, Apodi pegou o rebote e deixou tudo igual na Serrinha: 2 x 2. Aos 43’, quase os donos da casa viram o duelo. Luan Dias finalizou com perigo, mas a pelota carimbou a trave. Por fim, sem mais emoções: 2 x 2.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast