Goiás

Fellipe Bastos avalia semana livre no Goiás e comenta sobre punição ao Atlético-GO

Confira!

Por: Matheus Carvalho 02/08/2022 13:40

Com a semana livre após a vitória diante do Coritiba, o Goiás retorna aos gramados no domingo (7), contra o Palmeiras fora de casa. Antes disso, Fellipe Bastos conversou com a imprensa na manhã desta terça-feira (2). O meia falou sobre a rotatividade de Jair Ventura no meio campo e sobre a briga por uma vaga na equipe titular. Confira com as Feras do Esporte!

https://batershopp.com.br/

Vejo isso como importante para a equipe. É bom a gente salientar que todo mundo tá jogando e tenho oportunidade. O Jair escolhe de acordo com o jogo para que nos adaptamos rápido dentro da partida. Por isso, eu acho que ele vem mudando bastante, além de lesão e suspensão. Eu espero que continue assim que tenhamos chances e sabendo aproveitar, ele dar sequência e quem não tiver aproveitando eles utilizar outros jogadores. Então é importante estar treinando bem, se dedicando muito para quando for chamado esteja pronto“, analisou. 

Fellipe Bastos fala sobre punição ao Atlético-GO

A punição tem que existir, obviamente, mas a gente ainda vê como branda. Perda de mando de campo e o valor para o clube também. Porém, já vemos como uma coisa a ser acrescentada, porque antigamente nem se punia e agora está se punindo. Eu espero que a punição venha mais rigorosa não só para o Atlético-GO, mas para outros clubes. No final de semana ocorreu novamente no jogo entre Athletico-PR x São Paulo. Que as punições sejam mais rigorosas e que as pessoas se inibam de continuar fazendo isso, que é tão feio e triste. Espero que o pleno mantenha a punição e possamos evoluir como ser humano“, disse. 

Conselhos para os jovens jogadores

Fellipe Bastos comentou sobre as conversas que tem no dia a dia com os jovens do Goiás. Uns dos mais experientes do Esmeraldino, o meia está disputando a sua 14ª temporada na Série A:

Estou indo para o meu 14º Brasileirão Série A, então sei o quanto é difícil e complicado. Converso bastante com eles, eu tento passar aquilo que estou vendo dentro do jogo. Se estou no lado de fora, vejo melhor e converso bastante com os jogadores da minha posição. Nesse último jogo, conversei com eles no intervalo e peguei os laterais pelo braço e falei: “Gente, precisamos levantar a bola, porque estamos cruzando e ela tá parado no primeiro pau”. Como saiu o nosso primeiro gol?

Tenho ajudado e conversado com os meninos que subiram e que jogam na minha posição. Em todos os lugares que joguei sempre fiz isso, eu acho muito importante. O futebol, ainda mais, aqui no Goiás que tem essa características de usar os meninos mais novos precisa ser conversado. Assim, a gente vai evoluindo e eles têm aceitado bem e sabe que é para o bem deles e do clube“, comentou.  

Meia projeta jogo contra o líder e fala sobre semana livre

Na questão física, a gente chega bem preparado para esses jogos. Ainda mais, sendo em um campo totalmente diferente daquilo que estamos acostumados, uma grama sintética que é mais rápida. Então, quando é com um adversário que está disputando Libertadores, Copa do Brasil e essas coisas, sabemos que são jogos de alta intensidade. Se eles vieram com time, teoricamente, mesclado, a gente sabe da qualidade da equipe do Palmeiras mesmo assim.

Temos que ter atenção e quem sabe fazer um bom jogo pela semana que vamos ter. O Jair nessa semana trabalha as coisas que não tem condição de trabalhar em semana de dois jogos. Tentar fazer um bom jogo no domingo, arrancar pontos do líder e quem sabe voltar para Goiânia com resultado ainda melhor. No próximo dentro de casa, ganhar de um adversário direto nosso que é o Avaí“, projetou.

Agenda do Goiás

No domingo (7), o Goiás visita o Palmeiras, no Allianz Parque, às 16h. Após isso, o Esmeraldino recebe o Avaí, no sábado (13), às 16h30. Na sequência, o Verdão enfrenta o Atlético-MG, no domingo (21), às 19h (todos no horário de Brasília), no Mineirão. 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast