Atlético-GO

Atlético-GO homenageia jogadores campeões do Torneio da Integração Nacional de 1971; onde o rubro-negro venceu a Ponte Preta

São 50 anos do gol de Luizinho e do grito ” Dragão Campeão Brasileiro”.

Por: Ana Lívia Luis Dias 25/10/2021 20:29

Nesta segunda-feira (25), minutos antes da partida contra o Grêmio no Estádio Antônio Accioly, o Atlético homenageou os jogadores campeões do Torneio da Integração Nacional de 1971. Nos 50 anos da primeira conquista nacional do futebol goiano o clube rubro-negro recebeu os ex-jogadores Pedro Bala, Beloyanes, Zé Geraldo, Paguetti e Claudinho, todos integrantes daquele esquadrão que venceu a Ponte Preta no ano de 1971.

Torneio de Integração Nacional: 50 anos do gol de Luizinho e do grito ” Dragão Campeão Brasileiro”.

Em uma terça-feira, 19 de outubro de 1971, aos 14 minutos do primeiro tempo da prorrogação, o gol do rubro-negro Luizinho colocaria o Estado de Goiás no cenário nacional do futebol. Tivemos ainda mais 15 minutos segurando o resultado e então o Atlético Goianiense sagrou-se Campeão do Torneio da Integração Nacional e foi notícia em todos as Revistas Nacionais de Esporte e nos Jornais de São Paulo, do Rio de Janeiro e do Distrito Federal.  A Competição durou mais tempo do que uma Copa do Mundo, mais de um mês, teve duas cidades sede, trinta e nove jogos, setenta e sete gols, contou com 16 clubes de 11 Estados diferentes, fases classificatórias e depois eliminatórias.

50 anos depois não sai da cabeça dos que lá estiveram (ex-jogadores, cronistas,árbitros, torcedores, imprensa local e nacional…)  a imagem daquele Estádio Olímpico lotado, em que não cabia nem mais uma única pessoa, tomado de rubro-negro, onde se ouviam somente os gritos da torcida atleticana e o bumbo do torcedor símbolo Maurício “Respeita as Cores”… naquele jogo pegado entre a então vice campeã paulista, Ponte Preta, do goleiro de Copa do Mundo Waldir Perez, dos craques Mosca, Manfrine e Nelsinho Baptista e o Dragão de Paguetti, Raimundinho, Ronaldão, Dádi e Zé Geraldo. 

O repórter Pedro Henrique Geninho das Feras do Esporte, entrevistou o Zé Geraldo que fez história jogando com a camisa do Atlético.

Nós fomos convidados para receber essa homenagem, ficamos muito satisfeitos, graças a Deus que estão nos recordando em vida, alguns infelizmente morreram e nós sentimos muito. Hoje aqui estou sentindo a falta do Pedro Bala, o Raimundinho eu já vi, está aqui, então é um prazer enorme receber essa homenagem que fica na galeria do Atlético, foi muito bom na época a Ponte Preta tinha um time muito bom, com muitos jogadores da seleção brasileira, pra nós foi uma vitória e um título inesquecível.”____ José Geraldo

,

O Atlético irá fazer um pedido formal à CBF pedindo a homologação dessa conquista como equivalente a uma série B

É com muito orgulho que o Atlético Goianiense, hoje o único representante goiano no Brasileirão Série A,  celebra e canta aos quatro cantos do mundo essa Conquista. O Atlético Goianiense irá fazer um pedido formal à CBF pedindo a homologação dessa conquista como equivalente a uma série B, ou mesmo reconhece-la como um campeonato nos moldes do Torneio da Primeira Liga, reconhecido pela CBF como um campeonato nacional diferenciado da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro. Sem dúvida mais uma estrela de Prata referente ao título do Torneio da Integração Nacional deve figurar na camisa do Dragão.

Na programação foi feito o pré lançamento da Camisa Retrô alusiva ao título do Integração e também a exposição da Taça que foi restaurada pelo Clube.

EURODIESEL NOTICIA
Foto: Bruno Corsino

Taça Restaurada

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast