Futebol pelo Brasil

Goiás

Armando Evangelista revela metodologia aplicada e avalia trabalho inicial no Goiás: “não podemos mudar tudo em uma semana” 

Mister terá três desafios seguidos fora de casa

Por: Danyela Freitas 20/06/2023 14:28

Nesta terça-feira (20), está completando uma semana desde o início dos treinamentos comandados pelo técnico Armando Evangelista. Dessa forma, o treinador do Goiás concedeu entrevista. Antes de mais nada, o comandante português analisou sua primeira semana no clube esmeraldino.

Em seguida, o Mister comentou sobre a possibilidade de jogar com três zagueiro, dando mais liberdade aos laterais. Posteriormente, falou a respeito dos setores defensivo e ofensivo. O Goiás terá três jogos fora de casa, começando pelo Vasco. A saber, pelo Brasileirão, o Esmeraldino ainda não venceu jogando fora do Estádio Hailé Pinheiro. Em cinco jogos longe de Goiânia, foram um empate e quatro derrotas.

Armando Evangelista analisa primeira semana à frente do Goiás e próximos jogos (três deles fora de casa)

Essa última semana foi de muito trabalho, porque, quando encontramos uma nova realidade, temos que conhecer a nova realidade, os processos. Também precisamos conhecer o que estava sendo feito para alterar aquilo que pretendemos. Foi uma semana muito produtiva. Bastante importante aproveitar esse período para passar ao grupo aquilo que pretendemos, alguns princípios, comportamentos dentro do jogo que são fundamentais para que se possa evoluir.

Além disso, tivemos um conhecimento mais profundo de quem compõe o elenco. Por fim, o foco ficou naquilo que se refere ao valor de cada jogador, ao coletivo, além das alterações que pretendemos introduzir. […] Quanto aos jogos fora de casa, não são somente os jogos. Tem também o desgaste das viagens. Precisamos levar tudo isso em consideração. Queremos elevar o nível de competitividade e de agressividade.”

>>> Entre no nosso grupo de WhatsApp e saiba tudo sobre o Esmeraldino <<<

Mister responde sobre metodologia

Em geral, gosto que minhas equipes tenham capacidade de ligar setores, de ter posse de bola. No entanto, não pode ser uma posse de bola só porque quer fazer gol com 30 passes coletivos. Se puder chegar à zona do gol com quatro passes, é isso que eu pretendo. Além disso, intensidade é inegociável. Por fim, acima de tudo, ter espírito coletivo.”

EURODIESEL NOTICIA

Armando Evangelista fala da possibilidade de jogar com três zagueiros para dar mais liberdade a Maguinho e Sander e comenta sobre preocupação com setores defensivo e ofensivo

É uma questão pertinente. Nós temos colocado em cima da mesa várias situações. No entanto, obviamente, não podemos mudar tudo em uma semana. Não temos tempo de trabalhar comportamentos muito diferentes daquilo que vinham fazendo. São alterações que serão feitas e pensadas no decorrer do Brasileirão.

Introduzir tudo novo neste momento não seria benéfico. O treino e o jogo nos levam à perfeição. Também há outras preocupações que sobrepõe. Por exemplo, o número de gols sofridos. A saber, o time levou gol em todo jogo do Brasileirão. Ao mesmo tempo, fora de casa, conseguimos marcar somente dois gols. Portanto, precisamos melhorar nosso desempenho ofensivo e defensivo.”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast