Goiás

Após resultado de exames, Dr. Sérgio Rassi explica situação de Léo Sena, do Goiás: “nós nos assustamos”

Volante não entra em campo desde maio de 2021

Por: Danyela Freitas 03/09/2022 11:45

No último dia 28, de forma exclusiva, o repórter André Rodrigues, das Feras do Esporte, confirmou a negociação de Léo Sena com o Goiás. No entanto, o assunto vem sendo tratado com cautela, já que o volante havia em campo pela última vez no dia 15 de maio de 2021, na vitória do Spezia sobre o Torino por 4 x 1 pelo Campeonato Italiano.

Depois disso, em julho de 2021, o jogador testou positivo para Covid-19. Desde então, Léo Sena tem sofrido com sequelas da doença, como uma miocardite viral. A partir disso, de volta ao Brasil, o volante passou por mais uma bateria de exames. A saber, em Goiânia, o jogador tem sido assistido pelo Dr. Sérgio Rassi, que atualizou e explicou a atual situação: 

Nós pedimos um exames de imagens, com ressonância magnética e um exame da parte elétrica do coração. A partir disso, nós nos assustamos, no bom sentido, com os resultados. Foram resultados, para mim, inesperados. Claro que eu estava torcendo para isso, mas me assustei perante os resultados. Em resumo, a arritmia quase desapareceu. Além disso, as áreas de fibrose que ele tinha no coração diminuíram consideravelmente.

Portanto, percebemos que essa doença, para o Léo Sena, está tendo um curso de regressão.

Entretanto, temos que saber quando será o tempo adequado de liberá-lo para atividade física de um atleta. Sabemos que é uma atividade física intensa, tanto em treinamentos quanto em jogos. Sendo assim, ele só poderá participando disso quando zerarmos nossa investigação. A partir disso, eu calculo que em mais dois ou três meses de observação, realizando exames de duas em duas semanas, se o Léo Sena continuar nesse processo regressivo da doença, acredito que ele estaria apto a ser liberado. Portanto, neste ano é totalmente impraticável a participação dele. Sendo assim, o Léo Sena deve aproveitar estes meses para se recondicionar fisicamente.”

Decisão

Na próxima semana, Léo Sena e a direção do Goiás definirão se o atleta fará o processo gradativo de retorno às atividades no clube ou não.

EURODIESEL NOTICIA

Trajetória de Léo Sena

A saber, Léo Sena começou nas categorias de base do Goiás e, logo depois, já estreou no time principal. Em 2016, com o elenco profissional do Verdão, o meia participou de 42 jogos e marcou um gol. No ano seguinte, esteve em 49 partidas.

Posteriormente, em 2018, foram 33 jogos e, em 2019, participou de 52 duelos. Sendo um dos destaques do Esmeraldino, em 2020, após nove partidas com a camisa do Verdão no ano, Léo Sena foi negociado com o Atlético-MG por R$ 4 milhões. No entanto, em setembro do mesmo ano, sem espaço no time do Galo, o atleta se transferiu para o Spezia, a princípio, por empréstimo.

Assim, na temporada de 2020/2021, Léo Sena fez 19 jogos com a camisa do time italiano. A partir disso, em junho de 2021, o Atlético-MG negociou o passe do volante com o próprio Spezia por 1,3 milhão de euros (na época, R$ 8,1 milhões). O valor, no entanto, foi inferior aos 2,5 milhões de euros referentes aos direitos fixados no momento do empréstimo junto ao clube mineiro.

1 Comentário

  1. Sebastião José dos Santos disse:

    Ótima notícia para o jogador que ele tenha muito sucesso jogando futebol, parabéns …. Más acho que deve ir para um time melhor que tenha mais qualidade técnica e um grande clube.

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast