Atlético-GO

Após empate com lanterna, Alberto Valentim comenta expulsão de goleiro e reclama das condições do gramado: “desde que eu estou aqui no Atlético, foi o pior campo”

Técnico também ressaltou recuperação para o clássico contra o Vila

Por: Júlia Laiany 29/06/2023 16:52

Depois de empatar com o ABC na noite desta quarta-feira (28), o Dragão saiu de campo com o desempenho criticado por parte da torcida, que viu o time ser pressionado pelo lanterna da Série B nos mais de 100 minutos de partida. Portanto, o técnico Alberto Valentim concedeu entrevista coletiva após o jogo e apontou alguns pontos que influenciaram na atuação abaixo do esperado.

Desse modo, o treinador aproveitou a oportunidade para refletir a pouca efetividade do sistema ofensivo do Rubro-Negro até o empate nos acréscimos. Além disso, Valentim criticou o gramado do Frasqueirão e falou sobre a expulsão do goleiro Diego Loureiro, que originou a jogada do pênalti e do gol potiguar. Confira todos os detalhes com as Feras do Esporte!

EURODIESEL NOTICIA

>>> Entre no nosso grupo de WhatApp e saiba tudo sobre o Dragão <<<

Pouca criação ofensiva e má qualidade do gramado

Nós tínhamos que ter feito um jogo ofensivo melhor, ter criado mais ocasiões de gol e não o fizemos. Apesar de termos um certo domínio de construção, não demos chance para o adversário com chutes fora de área. Foram só alguns escanteios, mas nada que nos preocupasse. Nós tínhamos que ter feito um jogo mais ofensivo. […]

Eu também não gosto de usar algumas desculpas, mas é só um lembrete: o campo muito ruim e muito pesado. Isso dificulta, algumas vezes, uma jogada mais rápida, mais dinâmica, uma jogada de mais qualidade ou um passe mais bem feito. Talvez até uma jogada que nós tivéssemos possibilidade de criar mais se o gramado estivesse melhor. Desde que eu estou aqui no Atlético, foi o pior campo e depois ainda choveu. Isso atrapalhou um pouco essa nossa fase ofensiva de mais finalizações e mais criações.

Valentim reforça preparação para o clássico contra o líder Vila Nova

Eu preciso recuperá-los [os atletas] agora, fisicamente. Vamos saber depois, daqueles jogadores que não vieram [para Natal], quais serão os que poderão estar disponíveis para o jogo. […] Agora, vamos trabalhar muito forte essa recuperação ativa dentro daquilo que nós temos que fazer na alimentação e um bom sono. Depois, aquilo que faz parte da comissão técnica, que é a parte do pouco treino, mas há algumas correções para a gente fazer para o jogo de sábado.

Jogadores da base em campo e expulsão polêmica de Diego Loureiro

Em relação a base, o meu passado mostra que eu gosto muito de trabalhar com alguns garotos. O Renan já foi um que veio com a gente para ficar em definitivo. O problema para esse jogo é o tempo que nós não teremos  para treino e para eles estarem mais conosco.

Já em relação ao Diego, parece que houve mesmo um contato em que ele não consegue pegar a bola. Eu conversei com o atleta depois de muito rápido o lance após o jogo e ele chegou a me dizer que teve uma falta nele antes, algum jogador do ABC bate no braço dele e por isso ele não consegue atingir a bola. Tenho que ver com calma. O VAR, na verdade, serve para isso, para que não haja erro. Então, eu só tenho que ver com calma. Eu não gosto muito de falar uma coisa que eu não tenho certeza […].

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast