Atlético-GO

Adson Batista revela insatisfação a respeito de reunião para discutir sobre criação de liga: “decepcionante”

Confira a fala do presidente do Dragão!

Por: Danyela Freitas 24/02/2022 22:55

Primeiramente, nesta quinta-feira (24), houve uma reunião com a participação de 12 clubes para ser discutida a possibilidade de criação de uma liga de futebol. Dessa forma, os presidentes de Flamengo, Palmeiras, Atlético-MG, Corinthians, São Paulo, Santos, RB Bragantino, Cruzeiro (com a participação de Ronaldo Fenômeno), Vasco, Fluminense, Internacional e Grêmio participaram da conversa na sede do BTG Pactual, em São Paulo. A partir disso, Adson Batista, presidente do Atlético-GO, falou sobre o encontro, para o qual o time goiano não recebeu contive para participar, e citou o grupo ‘Forte Futebol’. Confira com as Feras do Esporte!

Dirigente comenta a respeito da reunião

“Está tudo errado. Nós fizemos um grupo forte, o ‘Forte Futebol’, apesar de todo mundo agora estar tendo confiança nesse grupo. No entanto, tem muita gente no futebol brasileiro que não entende que o conteúdo, que o forte é todo mundo ter poder de investimento, para ter um produto bom, para vender bem lá fora. Contudo, muitos não entendem assim. Ele quer ficar cada dia mais forte, e os emergentes que se lasquem. Nós temos 10 times unidos e mais alguns. Os outros terão que jogar sozinho. Faz uma pesquisa sobre quais ligas têm mais sucesso no mundo. É meritocracia, é poder de investimento para ter um produto.

Eles querem ver ‘Os Trapalhões’ jogando contra um time com um poder faraônico. Tudo errado. Isso é um tiro no pé. Portanto, eu espero que as pessoas possam honrar o que falam em grupos internos, e que a gente possa brigar por um futebol brasileiro melhor, não sufocando cada dia os pequenos, ficando 12 clubes fazendo de conta. Futebol não se joga sozinho. Apesar de ter pessoas que nos representaram, é decepcionante. Espero que lá na frente não sejam engolidos pelos interesses e, principalmente, pela individualidade, porque o futebol brasileiro é muito grande para ser conjugado em poucos clubes.”

EURODIESEL NOTICIA

Adson Batista revela insatisfação

“Eu não fiquei satisfeito. Nós fomos comunicados, mas não fiquei satisfeito porque clubes que não estão no contexto desse grupo estão falando ser ‘Forte Futebol’. Tivemos representação. Porém espero mais atitudes. Particularmente, tenho convicção de clubes do nosso tamanho, tenho convicção no Athletico Paranaense. Em resumo, o Petrarca é um cara ponta firme, muito leal nessas questões. O Athletico hoje é um clube bicampeão da Sul-Americana, campeão brasileiro, da Copa do Brasil. É um clube de verdade. Além disso, é um time maior que muitos aí que falam que são grandes e que devem bilhão. Realmente, é preocupante. Em resumo, o futebol brasileiro só vai crescer quando entender que nós precisamos ter um grande produto. É uma piada o que tem de desigualdade. Isso não pode acontecer”, finalizou Adson Batista.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!


NOTÍCIAS

podcast